Panini 2013: Hitman Reborn! e Toriko Encabeçam as Novidades

Sem dúvida alguma 2012 foi o ano mais importante da Panini no Brasil no que se diz respeito a mangás.

Se por um lado a editora ainda peca no quesito regularidade e há vários títulos paralisados há anos, foi um marco para o mercado brasileiro de quadrinhos japoneses o (re)lançamento de One Piece em 2 formatos: desde o início para os novos leitores e dando sequência à história onde a Conrad tinha cancelado.

Além disso, trouxe na sequência 2 obras adoradas e que viraram hit por onde passaram: Monster (outro maltratado pela Conrad) e o inédito 20th Century Boys, fora a volta do mega-sucesso Dragon Ball, agora em seu formato original.

Para 2013 a editora não irá deixar a peteca cair e continuará investindo tanto em títulos fortes e que já possuem grande popularidade entre os otakus, quanto em mangás mais desconhecidos, mas que podem surpreender os mais desavisados.

Com exclusividade, divulgamos a seguir 4 novidades que chegarão às bancas brasileiras ainda no primeiro semestre do próximo ano pelo selo Planet Mangá.

Katekyo Hitman Reborn! – Um dos títulos mais pedidos pelos  leitores, a obra de  Akira Amano tornou-se uma das séries mais populares da Shonen Jump desde que começou a ser publicada, em maio de 2004.

Reborn! chegou ao fim nesta semana e terá um total de 42 volumes, o que pra muita gente será um alívio não pegar algo que está em andamento, e sendo assim, sujeito a hiatos.

Pela quantidade de edições, nota-se que a Panini está confiante no sucesso do título por aqui, uma vez que a tendência das editoras nacionais é buscarem obras mais curtas (excetuando-se “blockbusters”, é claro) e evitar assim possíveis prejuízos.

No mangá companhamos o até então desajeitado estudante Tsuna, que um dia, ao encontrar um pequeno bebê, tem sua vida transformada e descobre que será treinado para ser o sucessor da Vangola, uma poderosa família da máfia italiana.

Uma animação com 203 episódios foi produzida pelo estúdio Artland e encerrada em 2010, ou seja, não conta toda a história de Tsuna e cia.

Toriko – Este todos sabiam que mais cedo ou mais tarde apareceria por aqui devido à sua crescente popularidade na mesma Shonen Jump – aliando ao fato da versão animada ser uma das maiores apostas do catálogo da Toei para o ocidente.

Criação de Mitsutoshi Shimabukuro, é publicado desde 2008 e tem até o momento 21 volumes encadernados e nenhum sinal de que acabará tão cedo.

Toriko é ambientado em um universo onde o lado gourmet da vida é muito valorizado. A história gira em torno do Bishokuya Toriko, um brutamonetes no melhor estilo Hokuto no Ken que sai pelo mundo em busca dos mais raros e saborosos ingredientes para montar o seu menu perfeito.

A versão animada estreou ano passado na Tv Fuji, caminha pros 100 episódios e já rendeu um OVA, especial com One Piece e um filme para os cinemas. Fora isso a série vive aparecendo no top 10 dos animes mais assistidos em território japonês.

Pyschic Detective Yakumo – Por aqui deve sair apenas como Psychic Detective. Conta a história de Yakumo Saitou, estudante universitário muito reservado que nasceu com um dos olhos vermelhos, e que graças a isso pode ver fantasmas e espíritos.

Com esse poder, Yakumo ajudará os seres sobrenaturais a se desvincularem desse mundo, podendo ir para o outro lado em paz.

Apesar da sinopse acima se encaixar em qualquer shounen genérico, Psychic Detective é um shoujo que adapta a série de light novels homônima de autoria de Manabu Kaminaga – que inclusive gerou inúmeros outros livros, além de um drama pra tv e uma série animada pelo estúdio Bee Train.

O mangá, sob responsabilidade de Suzuka Oda, é serializado desde 2009 e possui até o momento 8 volumes encadernados. Curiosamente começou na antologia Hana no Yume e posteriormente foi migrado para a Asuka, onde continua até hoje

Triage X – Serializado na revista Dragon Age desde 2009 e contando com 5 volumes até o momento, trata-se de um mangá que mescla além da costumeira ação, elementos de echi e fanservice pra fazer o público (masculino) delirar.

O traço não mente: é outro trabalho de Shouji Satou (especialista em mangás safados), desenhista de Highschool of the Dead, também da Panini – sinal que HotD agradou?

Em Triage X temos um jovem colegial que se vê envolvido com um grupo de enfermeiras danadinhas que na verdade pertencem a uma organização secreta chamada Black Label, um grupo de extermínio que caça pessoas “famintas por poder”, já que as autoridades recusam se envolver.

Quem pensou que nessa nova leva de novidades a Panini não investiria no filão, taí o representante da vez.

É bom lembrarmos que a editora trará outras novidades no decorrer de 2013 e também deverá retomar alguns títulos que estão paralisados, pra alívio dos leitores.

Que venha 2013. =D

Cloud

Tio Cloud escreve sobre cultura nerd oriental desde 2002 e trancou sua amada Allena-chan no closet para que ela nunca mais fuja.

Junte-se ao lado dos comentadores

Caretinha: smilewinkwassattonguelaughingsadangrycrying

Galera que linkou a gente: