gameprevia-mightyno9

Game Prévia: Mighty No. 9

Na primeira vez em que foi revelado, há quase 3 anos atrás, Mighty No. 9 foi tido como a esperança de uma ressurreição de Mega Man. Muitos, incluindo este que vos escreve, tuitaram, espalharam pelo Facebook, Instagram, Tumblr e até MySpace, imagens da nova cria de Keiji Inafune, usando a hashtag #ChupaCapcom. Recentemente, colocamos nossas mãos em um dos betas do jogo… Será que ele é mesmo a ressurreição do robô da Capcom?

mighty-no-9-freeze

Primeiramente, falemos da jogabilidade. Caso você tenha um PC potente, o jogo flui muito bem, sendo mais ou menos uma mistura de Mega Man com Mega Man X. Vá pra frente, derrote inimigos, chefes, etc, etc, etc. Uma coisa interessante no jogo, é o Boost, que pode ser usado para destruir inimigos que você tenha causado certa quantidade de dano. Isso pode ajudar a acelerar sua passagem.

2641421-3334319081-

Porém, algo parecia errado enquanto eu jogava a demo. Não sabia o que era na hora, mas um tempo depois, enquanto jogava os Mega Man de NES, uma coisa me veio a cabeça, algo que era abundante na série clássica do robô, e que constava em Mega Man X. Faltava alma em Mighty No. 9. O jogo não conseguia fazer eu me importar com o que estava na tela, morrer era qualquer coisa e chegar ao final nem interessaria.

screens_01

Graficamente, se os cenários são bonitos e o design de personagens é criativo, por outro, os mesmos cenários parecem extremamente longos… Mas não o longo de Mega Man Zero, onde, por exemplo, você ser atacado por robôs de lugares onde você nem sabia que tinham robôs era uma constante, mas o tipo de longo arrastado, monótono e sem vida. Enquanto que por limitações de hardware no NES, você só tinha 3 inimigos te atacando nos Mega Man clássicos, aqui, essa “limitação” acaba deixando tudo tão emocionante quanto aquela aula de trigonometria no primeiro ano onde você dormia…

A trilha sonora tem bons compositores, mas as músicas são completamente ausentes de carisma. Talvez quando o jogo sair, as outras composições criem uma harmonia com os temas aqui presentes, mas francamente a única música das presentes no beta que marcou foi o tema principal.

Finalizando, muita coisa pode ter mudado da E3 de 2015 pra cá, eu recebi relatos de betas posteriores a essa data, mas o resultado não foi lá muito animador. Eu ainda quero dar uma chance a Mighty No. 9, e possivelmente irei comprá-lo em fevereiro (Caspita, Arslan também sai em fevereiro, ai meu bolso!). O jogo sairá para PC, PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One e Wii U dia 9 de fevereiro, e para PS Vita e Nintendo 3DS em alguma data posterior de 2016.

Kyo

O Brock Lesnar do Jbox. Gordo, de vez em quando some, mas sempre aparece pra distribuir porrada. Tem um gorro de estimação. Gamertags: PSN: KyoJbox

Junte-se ao lado dos comentadores

Caretinha: smilewinkwassattonguelaughingsadangrycrying