review-twimstarsep1-destacada

Review: Twin Star Exorcists – Episódio #1

Twin Star Exorcists é uma das promessas entre os títulos shounen da temporada. Ele pode passar despercebido por bater de frente com Boku no Hero Academia, mas é válido dar um destaque para essa novidade. Segue a apresentação dos pontos sobre o anime.

Twin Star Exorcists (Sousei no Onmyouji) é a adaptação animada do mangá homônimo de Sukeno Yoshiaki. Atualmente com sete volumes encadernados, o título tem seus capítulos publicados mensalmente na Jump SQ desde 2013. A adaptação animada está por conta do Studio Pierrot (Naruto Shipuuden, Tokyo Ghoul) e sob direção de Taguchi Tomohisa, que trabalhou em alguns dos animes de Persona.

twimstarsexorcist01-01

A história nos apresenta um mundo onde exorcistas atuam secretamente. A associação de exorcistas convocou a jovem Adashino Benio para uma reunião, onde espera-se que suas habilidades como exorcista sejam reconhecidas. No caminho, porém, ela se depara com alguns kegare, criaturas que aterrorizam o mundo e o submundo, as quais os exorcistas têm o trabalho de expurgar. Em meio a um desses confrontos, ela encontra Enmadou Rokuro, um garoto com poderosas capacidades de exorcismo. Ele já desejou ser um grande exorcista, porém depois de uma grande tragédia que ocorreu com seus amigos, não quis mais seguir esse caminho.

Os dois jovens são excepcionais na profissão de exorcizar o mal e isso cria todo um clima de tensão em cima deles no episódio. Tudo é repassado de maneira simples e com toques cômicos, porém percebe-se contribuições para o enredo e para o universo criado aqui e ali, como a posição social de Benio, a família de Rokuro e suas personalidades confrontantes são itens decisivos para o futuro da história.

twimstarsexorcist01-02

Tudo ficou no ponto certo para apresentar do que se trata o anime: o ritmo dos acontecimentos, a interação entre os personagens, a introdução deles e as lutas. Por outro lado, a história é lotada de clichês que podem ser observados quando, por exemplo, entrega logo de cara os objetivos de vida dos protagonistas e a comédia clássica do gênero voltado para jovens. Tudo é entregue ao espectador de modo certeiro. Como já dito, a história é simples. Não há acontecimentos profundos e o único que implica algo pouco mais sério, a tragédia em que Rokuro foi envolvido, é explicado no próprio episódio, por mais que não tenha se aprofundado nos detalhes.

Em quesitos técnicos, o anime está em ótimas mãos. A animação foi o que mais surpreendeu. Está fluindo muito bem e não perde a qualidade mesmo na velocidade das lutas, o que é incrível considerando o histórico do estúdio. O design dos personagens está bem fiel ao mangá e bem colorido, fazendo jus ao clima dinâmico da obra. Outro destaque para a parte artística fica para os kegare e o Magano, que é o mundo onde as criaturas vivem. Como as situações de batalhas envolvem o submundo e os kegare, o clima fica mais sombrio, causando uma discrepância com os personagens de traços coloridos. Há frames que valorizam o estilo adotado em algumas pinturas clássicas japonesas, mesmo que de forma bastante atualizada. Isso está presente em golpes executados por Benio e nos próprios artefatos utilizados pelos exorcistas em batalha, que podem ser facilmente relacionados com a cultura japonesa dos yokai.

Contribuindo ainda mais para o uso da cultura dos yokai e o estilo artístico clássico japonês, entra a incrível trilha sonora produzida por Endo Mikio, que utiliza instrumentos tradicionais japoneses, criando o encaixe perfeito com a abordagem temática e artística do anime. Para completar o combo, a música tema é autoria da Wagakki Band, famosa por utilizar os instrumentos musicais tradicionais da Terra do Sol Nascente para compor trilhas que amalgamam a música típica japonesa com elementos de folk rock.

twimstarsexorcist01-03

Conclusão

Twin Star Exorcists é uma ótima pedida para quem quer acompanhar algo leve e divertido. O Pierrot apresentou um trabalho acima da média e surpreendeu com a adaptação. O roteiro inicial do mangá foi muito bem repassado para a mídia animada, não deixando se perder nada do conteúdo original no caminho. A única ressalva, talvez, seja o estilo genérico de enredo que já vimos se repetir várias vezes, contudo quem curte o gênero deve gostar do anime e acompanhá-lo sem problemas.

Nota: 3,5/5

Twin Star Exorcists está sendo exibido na Crunchyroll, com legendas em português. Os episódios saem às quartas-feiras.

Teke

Perdido na cultura pop e estudando Letras querendo seguir o ramo editorial. Amaldiçoando o dia que aquele japa me mostrou um VHS de uns desenhos com olhos grandes acompanhado de um gibi preto e branco.

Seja um comentador

Caretinha: smilewinkwassattonguelaughingsadangrycrying