review-bungou-destacada

Review: Bungou Stray Dogs – Episódio #1

Bungou Stray Dogs com certeza era uma das adaptações mais esperadas por um público considerável de fãs para essa temporada. Com sua estreia, o anime já deixou marcado qual é sua proposta e que veio com vontade de ficar fortalecido por um bom tempo na mente dos espectadores.

A obra de autoria de Asagiri Kafka (história) e Harukawa35 (arte), é publicada desde 2012 na revista Young Ace e atualmente possui 9 volumes encadernados. Além disso, também existe a adaptação em novel do título que é feita pelos mesmos autores do mangá, com três volumes até então.

bungou01-01

A adaptação animada da obra ficou sob responsabilidade do estúdio Bones (Fullmetal Alchemist Brotherhood, Noragami) e o diretor é Igarashi Takuya (Soul Eater, Captain Earth). O estúdio e a equipe estão apostando suas fichas no anime, tanto que ele já teve sua segunda temporada confirmada para outubro desse ano.

Falando do enredo, Bungou Stray Dogs começa de forma bastante peculiar, já que temos esses três elementos: Nakajima Atsushi, um garoto que foi expulso de seu orfanato, está morrendo de fome e planeja assaltar a primeira pessoa que passar para sobreviver; Dazai Osamu, um suicida que é salvo da morte por Nakajima; Kunikida Doppo, um homem que está constantemente nervoso e anotando coisas em seu estimado bloco de notas. O encontro desses três se dá nessa exata situação de uma tentativa de suicídio de Dazai ao pular de uma ponte como se fosse a coisa mais natural do mundo.

bungou01-02

Depois desses acontecimentos, Dazai e Kunikida revelam que fazem parte da Agência de Detetive Armados, onde atuam agentes com capacidades sobrenaturais. A missão atual deles é capturar um tigre devorador de homens que anda apavorando a região, o que surpreende Nakajima, pois este revela que está ligado com o caso há algum tempo, afirmando estar fugindo do tal tigre. A partir daí começa o plano de captura ao tigre envolvendo aqueles três seres humanos nada normais.

O anime mostrou uma premissa interessante, já que envolve poderes ligados aos nomes dos personagens e com literatura clássica japonesa. Os nomes dos personagens são nomes de autores e suas habilidades sobrenaturais são baseadas nas obras desses autores. No Longer Human, poder de Dazai Osamu, é uma novela do renomado autor japonês de mesmo nome, por exemplo.

bungou01-03

Na obra acompanhamos também uma pitada de humor bem utilizada nos pontos certos. A personalidade dos personagens é bem estereotipada, porém como a proposta não é um enredo sério, torna-se algo que combina bastante com o andamento do anime. Além disso, a forma de agir dos personagens principais possui semelhanças com os autores em que são baseados. Novamente citando Osamu de exemplo, o autor em que o personagem é baseado suicidou-se, explicando assim as tendências suicidas do personagem representado na história animada.

Nas questões técnicas, Bungou não se destaca muito. Tanto a animação quanto a trilha sonora se mantém em um nível mediano de exposição. Não são pontos ruins, mas que apenas tentam manter o nível para agradar o suficiente; isso é muito bem cumprido pela staff. Creio que um dos destaques seja o design dos personagens, que está bem parecido com o do mangá, porém mais polido que na obra em quadrinhos. A paleta de cores também foi bastante importante para o geral dos acontecimentos, mantendo as cores quentes na maior parte do episódio e deixando tons mais sombrios nos trechos necessários, contudo não perdendo a coloração vibrante anteriormente vista. Por fim, é importante destacar o elenco de voz, que está cumprindo um papel excelente nesse anime.

bungou01-04

Conclusão

Bungou Stray Dogs tem uma história divertida e cheia de elementos interessantes para aproveitar. O primeiro episódio deixou o rumo dos acontecimentos bastante aberto, então não é fácil prever o que pode ocorrer com o andamento. A grande característica até então foram os personagens que se mostraram bastante agradáveis, lembrando um pouco o clima de Baccano! e Kekkai Sensen. No fim, é uma ótima pedida para essa temporada. Por mais que introduza conceitos de literatura japonesa, pouco conhecida no Ocidente, qualquer pessoa pode curtir o título sem problemas.

Nota: 3,5/5

Bungou Stray Dogs está sendo exibido na Crunchyroll, com legendas em português. Os episódios saem às quartas-feiras.

Teke

Perdido na cultura pop e estudando Letras querendo seguir o ramo editorial. Amaldiçoando o dia que aquele japa me mostrou um VHS de uns desenhos com olhos grandes acompanhado de um gibi preto e branco.

Junte-se ao lado dos comentadores

Caretinha: smilewinkwassattonguelaughingsadangrycrying