Paris Filmes Lança Tetsuo: O Homem Bala em DVD

Horror japa chega em novembro às locadoras.

A Paris Filmes lança no mês de novembro, direto para o mercado de DVD, a parte final que completa a trilogia do cultuado diretor Shinya Tsukamoto – Tetsuo: O Homem Bala (Tetsuo: The Bullet Man).

Com um estilo que lhe rendeu críticas excepcionais pelos “entendedores” da 7ª arte, Tsukamoto lançou Tetsuo: The Iron Man em 1989 e deixou espectadores excitados com sua mistura de ficção científica e  horror – que remete a grande cineastas ocidentais como David Lynch (do pertubador O Homem Elefante) e David Cronenberg (do asqueroso A Mosca).

Já em 1992, Tsukamoto produziu Tetsuo II: The Bodyhamer. Mesmo um orçamento generoso (coisa que não existiu no 1º filme), o longa ficou aquém do esperado e só apresentou uma versão mais chiquetosa e linear da história do primeiro filme.

Passados quase 20 anos, o diretor lança Tetsuo: The Bullet Man. Exibido no festival de  Veneza de 2009, o filme causou um certo burburinho na platéia (dizem que os mais sensíveis ficaram a ponto de terem um ataque epiléptico x_x) e teve destaque na San Diego Comic Con 2010.

Na história, Anthony, um jovem nascido e criado em Tóquio pelo seu pai americano, um pesquisador bioquímico, sempre se esforçou para manter sua raiva sob controle desde pequeno. Trabalhando como um assalariado, ele vive com sua esposa, Yuriko e seu filho, Tom.

Porém, Yuriko está sofrendo de uma crise de ansiedade que a impede de sair de casa e faz com que tenha pesadelos constantes sobre um terrível destino para seu filho. Quase que como uma premonição, um motorista atropela Tom e Anthony fica possuído pela ira que tentava combater, provocando uma inusitada mudança em seu corpo, transformando-o em um monstro metálico, descontrolado e repleto de fúria.

Com dublagem em português e audio em inglês (sim, o original japa é falado nesse idioma) com legendas, o longa tem aproximadamente 72 minutos de duração e a maioria dos que assistiram o descrevem como uma “experiência sensorial e sonora abusiva, onde uma atmosfera estranha e inquietante impera”.

Uma pena que os dois primeiros filmes são inéditos no Brasil no mercado de home vídeo. Mas não se preocupe que dá pra entender a história desse sem um conhecimento prévio.  Quem curte o diretor ou quer conhecer seu estilo, pode buscar por Marebito: Seres Estranhos (Dreamland Filmes) e Caçador de Pesadelos (Imagem Filmes), disponíveis em DVD por essas bandas. Abaixo, a capa do filme da Paris.

Publicidade
close