Panini: Mangás Renovados, Parados e Concluídos – Parte VI

Os guias das editoras estão de volta!

Fazer um guia da Panini é sempre muito engraçado, os shounens são praticamente os mesmos durante anos, mas os shoujos trocam tão rápido que a cada guia é uma lista totalmente diferente. E, só de demorar um pouco, dezenas já começaram e terminaram sem nem terem a chance de serem citados.

Vale a pena analisar que  2010 foi o ano que mais houve lançamentos de mangás pela Panini, um total de 19 séries. Também foi o ano com mais títulos ativos e completados, cerca de 42.

Pode-se notar também claramente que a editora avançou bastante nos shoujos, embora tenha dado preferência para obras mais desconhecidas e de curta duração. No campo dos shounens, houve um tímido aumento do número de séries ativas além de muita delas virarem ou serem lançados com uma periodicidade bimestral. Ainda assim houveram lançamentos de grande duração como 100% Morango e Kekkaishi, além de mangás pequenos como Eureka Seven, Guin Saga e Highschool of the Dead.

Os títulos Seinen foram bem tímidos, mas tivemos algumas novidades como por exemplo Elfen Lied. Mas a maioria dos seinens foram voltados para um público mais jovem (eu diria na casa dos 18-20), obras mais sérias e maduras (como os gekigás) sumiram por completo na Panini, que no passado lançou coisas como Lobo Solitário e Seton.

Já os joseis não tiveram nenhum crescimento, houve apenas uma lançamento, Spicy Pink, mas que vamos admitir só veio por ser uma obra da mesma autora de Marmalade Boy e Ultramaniac. Diga-se de passagem faz meio ano que a Panini parou com esses shoujos baseado na aceitação/sucesso de um autor.

Podemos destacar também Naruto Pocket (finalmente), que estreiou um formato diferente no Brasil.

Mas pulando para o guia, começando pelas séries que estão atualmente coladas no Japão, sejam elas paradas mesmo (esperando renovação) ou que estão sendo lançadas, mas que em breve alcançarão o original:

– Black Lagoon, por aqui no 9º volume (recentemente lançado) e está coladíssimo no Japão. Ainda está para ser marcado o lançamento do 10º volume por lá, isso significa mais uns bons meses de espera.

– Colégio Ouran Host Club, teve seu 15º volume lançado por aqui e, atualmente, no Japão está no volume 17. Inclusive o mangá acabou recentemente, mas a edição 18 ainda não tem previsão de sair.

– Full Metal Panic! Sigma, ainda em produção no Japão, tendo até agora 14 volumes. No Brasil o último foi o 9 a um pouco menos de um ano atrás. Embora nas cartas lançado nos mangás tenham dito que não foi cancelado, não se tem notícias de quando virá para cá.

Gantz, já tem agendado para este mês o lançamento do 30º mangá da série no Japão. Por aqui está no 27º. Lembrando que esta obra já está em seus momentos finais.

– Highschool of the Dead, alcançou a 4ª edição no Brasil, porém no Japão encontra-se na 6ª.

– Homunculus, 10 volumes no Brasil, voltou muito recentemente do limbo. No Japão se encontra no 14.

– MPD Psycho, ainda em produção no Japão, onde alcançou a 15ª edição. No Brasil atualmente encontra-se parado no volume 13.

– Trinity Blood, série que causou um susto por ter parado inexplicavelmente, foi retomada e atualmente está no 13º volume. No Brasil está parado no volume 11 já faz um tempo.

– Vampire Knight, atualmente na 11ª edição por aqui e parada. No Japão a série já tem 13 volumes.

Passando para  as séries que estão sendo conluídas em breve (menos de meio ano) e que já foram finalizadas no Japão:

– Elfen Lied, com um total de 12 volumes, tem sido lançado mensalmente pela Panini, estando no seu 7º volume por aqui.

– Eureka Seven, faltando apenas uma única edição para ser completada a série de 6 volumes, provavelmente sendo lançado ainda este mês.

– Guin Saga, quase acabando, tem um total de 6 volumes. Por aqui já se lançou o volume 4 e é bimestral.

– Honey & Clover, tendo ao todo 10 volumes e completo, o mangá se encontra na penúltima edição no Brasil! Lembrando que este é um dos raríssimos Josei por aqui.

A seguir séries que não serão concluídas ou paradas em breve (ou seja, o resto ativo):

– 100% Morango (Ichigo 100%), atualmente no volume 7 no Brasil, possui ao todo 19 volumes e foi finalizado no Japão. A série é lançada mensalmente pela Panini.

– Bem-vindo à N.H.K. (NHK ni Youkoso!), um dos novos lançamentos da editora, acabou de ter seu primeiro volume lançado. São um total de 8 edições finalizadas no Japão. Ainda não sabemos a periodicidade, mas supõe-se que seja bimestral.

– Berserk, atualmente no volume 64 no Brasil, é lançado mensalmente em formato meio-tanko. No terra do sushi encontra-se no 35º volume (o que dá 70 aqui), já se comenta o lançamento do 36º, mas nenhuma data agendada ainda. Faltando apenas meio ano para alcançarmos o Japão (demorou, e muito, mas estamos chegando lá).

– Black Bird, atualmente no 12º volume no Japão e 4º no Brasil. É lançado bimestralmente.

– Bleach, por aqui no volume 38 e no Japão no volume 48. É lançado bimestralmente.

– Brave 10, com seu 8º volume sendo lançado ainda este mês no Japão. É lançado bimestralmente por aqui, estando no 3º volume.

– Claymore, atualmente no 11ª volume no Brasil, lançado bimestralmente. No Japão está em seu 19º volume, ainda em produção.

– D.Gray-man, teve sua 21ª edição lançada recentemente no Japão. Já no Brasil é lançado bimestralmente e encontra-se no volume 13.

– As Estrelas Cantam (Hoshi wa Utau), série lançada bimestralmente no Brasil, atualmente em seu 3º volume. Ainda em produção no Japão onde se encontra no seu 9º volume, mas com o 10º já agendado para o final deste mês.

– The Gentlemen’s Alliance Cross, aqui no volume 2 (bimestral), no Japão foi finalizado com 11 volumes no total.

– Kekkaishi, atualmente na 6ª edição no Brasil e 32 no Japão. Também já está agendado para fevereiro o lançamento do 33º volume. É uma obra lançada mensal.

– Naruto, ainda em publicação no Japão, com 54 volumes até agora. Por aqui é lançado em duas versões, o tamanho tankoubon (atualmente no 44) e pocket (7º volume). Ambos mensalmente.

– Otomen, título bimenstral, com 6 volumes lançado no Brasil. No Japão atualmente no volume 11, com o volume 12 agendado para fevereiro.

– Rockin’ Heaven, título com 8 volumes e finalizado no Japão, é bimestralmente lançado por aqui e se encontra no volume 2.

– Sugar Sugar Rune, outro título de 8 volumes e finalizado, também lançado bimestralmente, estando por aqui no 2º volume.

– Tokyo Mew Mew, 7 volumes e completo no Japão, teve seu 2º volume lançado recentemente por aqui. É um título bimestral.

Uma outra coisa que dá para notar, é que embora tenham sido lançados vários títulos ainda em publicação, até agora o número de séries grudadas na japonesa continua mais ou menos o mesmo que o início do ano passado (só adicionou Highschool of the Dead). Isso deve-se principalmente à decisão da Panini de transformar muitos de seus títulos em  bimestrais. Esse aumento do tempo permite que as séries durem mais e até (com sorte) o bastante para serem finalizadas no Japão, sem que sofra nenhuma pausa.

Entretanto, se as séries não acabarem, num período de um ano (aproximadamente), títulos como Otomen, Naruto, Brave 10, Berserk e As Estrelas Cantam vão se juntar a lista de parados. Pergunto-me se a Panini começaria, então, a lançar trimestralmente (coisa que existe bastante nos Estados Unidos).

Além disso, a finalização próxima de 3 séries de público shounen/seinen, indica que algo desse gênero deve com certeza dar as caras por aqui na metade deste ano. Além do final de um josei longo que, se as forças cósmicas permitirem, será substituído por um título de igual qualidade (cruzem os dedinhos). Caso não venha um josei, provavelmente não vendeu bem e talvez seja o “fim” do gênero pela Panini.

Fica faltando listar os futuros da editora. Para começo de conversa tem as duas novidades “Contos de Amor Para Você” (shoujo) e “Voices of a Distant Star” (seinen), mas também não podemos esquecer de “Astral Projetc” (seinen). Embora não possamos supor nada só baseado nesses 3, a vinda desses seinens um pouco diferentes talvez construa um caminho para mais títulos dessa espécie (caso venda, é claro).

Além disso, a obra shoujo acima citada não só é uma coletânea de pequenas história (antologia) como também de uma autora nova por aqui, este é um lançamento bem ousado da Panini. Se vender, quem sabe não possamos ter mais das famosas antologias nipônicas. Tais são muitíssimo recorrentes no Japão, inclusive existe séries de coletâneas de uma certa revista, tema ou autor, exemplos: Robot, Arcana, as antologias de Code Geass, Aqua e Gensou Hanaden.

Para finalizar, tive a paciência de listar todas as demais séries de Panini, concluídas e canceladas, confira:

Séries já concluídas:
– Abara (seinen), 2 volumes.
– Afro Samurai (seinen), 2 volumes.
– Aishiteruze Baby (shoujo), 7 volumes.
– Angel Sanctuary (shoujo), 40 volumes em formato meio-tankoubon.
– Astro Boy (shounen), 3 volumes.
– Bijojuku – Cursinho de Sedução (shoujo), 2 volumes.
– Blood+ (shounen), 5 volumes.
– Blood+ Adágio (shoujo), 2 volumes.
– Blood+ Yakou Joushi (shoujo), volume único.
– Chrno Crusade (shounen), 8 volumes.
– Conde Cain (shoujo), 13 volumes.
– Crying Freeman (seinen), 10 volumes.
– Deja-Vu (manhwa), volume único.
– Destino Cativo (shoujo), 5 volumes.
– Eensy Weensy Monster (shoujo), 2 volumes.
– O Estranho Mundo de Jack, volume único.
– Galism (shoujo), 6 volumes.
– Gundam Wing (shounen), 16 volumes, formato meio-tankoubon.
– Kare First Love (shoujo), 10 volumes.
– KareKano (shoujo), 21 volumes.
– O Livro do Vento – Os Manuscritos Secretos da Família Yagyu (Seinen), volume único.
– Lobo Solitário (seinen), 28 volumes.
– Lodoss War – A Bruxa Cinzenta (shounen), 3 volumes.
– Lodoss War – A História de Deedlit (shoujo), 2 volumes.
– Lodoss War – A Lenda do Cavaleiro (shounen), 6 volumes.
– Marmalade Boy (shoujo), 8 volumes.
– Merupuri (shoujo), 4 volumes.
– Otomental (shoujo), 2 volumes.
– Princess Princess (shoujo), 5 volumes.
– PxP (shoujo), volume único.
– Samurai Champloo (shounen), 2 volumes.
– Samurai Executor (seinen), 8 volumes.
– Slayers (shounen), 17 volumes pequenos.
– Spice Pinky (josei), 2 volumes.
– Sunadokei (shoujo), 10 volumes.
– O Tigre e o Dragão, 12 volumes.
– Trigun (shounen), 2 volumes (houve mudança do formato) .
– Trigun Maximum (seinen), 14 volumes.
– Ultramaniac (shoujo), 5 volumes.
– Wanted (shoujo), volume único.
– Witchblade Manga (shounen), 2 volumes.
– Wolf´s Rain (seinen), 2 volumes.

Séries canceladas:
– Éden, cancelado 2 vezes.
– Kil Dong, cancelado no 7º volume de 8.
– Lodoss War – A Dama de Pharis (shounen), cancelado no primeiro volume de 2.
– Peach Girl (shoujo), cancelado 2 vezes.
– Seton (seinen), cancelado no primeiro volume de 4.
– Shin-Chan (seinen), cancelado no volume 12.

A propósito, já faz quase um ano e o site da Panini continua com nome das obras erradas. Tais como: Chrno Cruzade (Crusade), Brave (cadê o 10?), The Gentlemen’s Alliance (cadê o Cross?)… O mais divertido Rock’n Heaven (Rock’n… roll!) é Rockin’ Heaven. Mas também continua a total falta de acentos, crases e sinais. Também existe títulos escritos em duas versões dentro do site… Ainda não consigo aceitar qual a dificuldade de se copiar o nome do próprio título direito, um show de competência e organização.

Texto originalmente escrito por Allena, mas alterado e aperfeiçoado por Kuroi.

Publicidade
close