Resenha: DVD Sailor Moon S Volume 1 – CD&DVD Factory

Será que vale a pena comprar?

No dia 17 de setembro de 2011, foi realizado o lançamento do primeiro volume em DVD  de Sailor Moon S no Brasil. Grande sucesso dos animes e mangás na década de 90, Sailor Moon chegou ao Brasil pela primeira vez em abril de 1996 via Rede Manchete. A primeira fase apresentada conquistou um público cativo, mas não teve um retorno comercial interessante por parte das empresas que apostaram na marca. Como conseqüência desse fato, a distribuidora na época resolveu não investir mais na série, que retornaria para TV só depois de um hiato de 4 anos.

Esse retorno de Sailor Moon decepcionou milhares de fãs em virtude do péssimo trabalho da versão brasileira realizada pela BKS. Mesmo com todo elenco da primeira fase substituído, o uso de termos incorretos (todas as sailors viraram uma sailor moon), golpes trocados a cada uso, vozes substituídas  e uma qualidade de áudio sofrível, a série teve todas as temporadas restantes apresentadas conquistando novos fãs.

Com o anúncio do lançamento em DVD do anime, criou-se a expectativa de que os muitos equívocos envolvendo sua série favorita fossem finalmente corrigidos através de uma redublagem. Mas essa expectativa foi lentamente esfriando na medida em que novidades acerca do lançamento surgiam.

A começar pelo incoerente anúncio da fase S, a terceira de um total de cinco produzidas. A pergunta era uma só: porque lançar uma série a partir da terceira temporada e não da primeira? Depois os fãs ficaram desconfiados com a qualidade que o lançamento teria por conta dos trabalhos da então desconhecida distribuidora CD & DVD Factory.

A gota d’água veio com um suposto veto da Toei Animation e da autora Naoko Takeuchi para uma redublagem da terceira fase que promoveu um intenso descontentamento entre fãs e não fãs por conta da ignorância comercial dos donos do anime. Por conta desse fato, potenciais compradores da coleção declararam pelos 4 cantos da web que não iriam adquirir um volume sequer.

Ciente dessa “rebeldia” entre boa parte dos fãs e com um contrato assinado em mãos, a CD & DVD Factory trabalhou com o objetivo de apresentar o melhor que podia ao público. A participação de fãs nesse processo, talvez tenha sido fundamental para que o material lançado tivesse a qualidade alcançada, mesmo com todos os contratempos.

Tal união foi bastante criticada por muita gente, mas o resultado do primeiro volume de Sailor Moon S nos faz pensar em como poderia ser diferente se outras empresas que trabalham com DVDs de anime no Brasil consultassem os maiores interessados em comprar seus produtos.  Há canais para isso disponíveis e a impressão que temos é que a maioria dos empresários não se preocupa em atender a carência e exigências do mercado brasileiro – se é que fazem idéia de quais sejam elas –  fazendo na maioria das vezes o menor esforço possível para colocar um título novo em seu catálogo.

Deixando essas questões de lado, vamos falar agora do DVD em si. A arte da capa já pode figurar como uma das melhores já feitas no Brasil em de todos os tempos para esse tipo de produto (anime =P). A qualidade de impressão está muito boa e o pôster tamanho A3 que vem de brinde (imagem acima) vai deixar os moonáticos com um sorriso de ponta a ponta no rosto. O verso da capa é todo branco e uma arte para os próximos volumes é uma boa pedida.

Os menus estão simples, mas muito elegantes e com efeitos que valorizam as artes usadas. É possível navegar em até três telas diferentes – incluindo o inicial. A BGM de transformação foi usada em todos e fica um tanto enjoativa depois de muitos segundos ouvindo-a.

Como já divulgado o DVD apresenta opção de legendas em português ou sem legendas e áudio em japonês e português. As legendas não seguem o detestável padrão dubtitles (transcrição das falas da dublagem) e está bem próxima do texto original. O áudio em japonês está no padrão Dolby Digital 2.0 e conseguiram realizar um milagre com o áudio da versão brasileira da BKS deixando-o muito mais audível que o apresentado na TV.

Com uma mixagem horrorosa, a BKS parecia gravar as falas das personagens dentro de uma caixa abafada e esse primeiro episódio da temporada foi um dos que apresentou o problema de forma mais gritante. Acrescente aí a supressão misteriosa de sons ambientes que os mexicanos arrumaram (coisas caem no chão e não ouvimos nada @[email protected]) e o pior traço possível dos muitos que a Toei tinha pra animação da série (lembram que tinha episódios lindos e outros horrorosos?) e voilà: um episódio de Sailor Moon que seria sacal de se ver se não fosse o cuidado de remasterizar o áudio disponível em português.

A abertura não é a vista da TV (a mesma da fase R) e os previews foram cortados – provavelmente por não existir dublagem em português dos mesmos. Os encerramentos que também não tiveram áudio em português – só dublaram o primeiro encerramento usado em todas as temporadas, com exceção da primeira. E isso por que começaram a exibir a partir da segunda fase… De extras temos as versões em português de abertura e encerramento. Abertura esta que está com uma qualidade bem fraquinha se comparado a qualidade do áudio dos episódios.

Mas a melhor coisa no DVD sem dúvidas é a qualidade da imagem. Você não vai ter uma experiência das melhores se assistir numa TV Full HD, mas no tubão de 29 polegadas a imagem hipnotiza pelo realce de cores – especialmente se levarmos em conta que a animação é de 1994!

Como principal ponto negativo, a quantidade de episódios por DVD – apenas três – e o preço pouco atraente pelos mesmos – aproximadamente R$24,90. Talvez se o disco custasse o mesmo e tivesse um ou dois episódios a mais…  Não se sabe qual o ritmo que o lançamento da série vai ter, e em virtude desse detalhe, muita gente  teme que sua coleção não seja completada por conta de vendas ruins. Com relação a esse pensamento, o Sr. Márcio Reginette assegurou ao JBox que isso não vai ocorrer.

De forma geral, o lançamento surpreendeu bastante e seria perfeito se rolasse a tão sonhada redublagem dos episódios. Mais perfeito ainda se a Toei autorizasse o lançamento a partir da primeira temporada, como está ocorrendo na Europa.

De qualquer forma, parabéns para CD & DVD Factory pelo trabalho apresentado, mesmo com todas as limitações impostas e as dificuldades em trabalhar com um material quando os próprios detentores dos direitos não se preocupam em dar ao público o que ele realmente quer.

[Imagens safadamente chupinhadas do review do SOS Sailor Moon]

Publicidade
close