Conheçam a História de Saint Seiya Ômega

Série já é negociada por aqui!

O que aconteceria se Os Cavaleiros do Zodíaco crescessem, e seus filhos dessem continuidade a luta contra o mal? É mais ou menos esse o plot principal por trás de Saint Seiya Ômega – nova produção da Toei Animation envolvendo a série criada por Massami Kurumada nos anos 80.

Apostando num público mais jovem, mas sem querer abrir mão dos velhos fãs, o roteiro aposta na velha fórmula  “Saori está em perigo x cavaleiros precisam se unir  e arriscar suas vidas para salvá-la!!!”. A expectativa é que a série atinja a marca de 52 episódios e já há negociações com emissoras brasileiras para seu lançamento (!).

Com certeza os fãs da velha guarda estão curiosos para saber o que vem por aí e ainda que nem tenha estreado, praticamente todo mundo já sabe o que vai acontecer com os personagens @[email protected]

* Spoilers, muitos spoilers*

Marte, o Cavaleiro de Ouro de Serpentário (oi?), o 13º signo do Zodíaco e mestre do Santuário tenta dar cabo de um bebê que é salvo por Seiya, o Cavaleiro de Ouro de Sagitário – sim, ele subiu de patente =P. Os dois duelam e com a ajuda de Atena, o vilão é vencido. Seiya desaparece após a batalha e Saori cuida do bebê, chamado Kouga.

Treze anos se passam e Marte ressurge para atacar Atena. Mesmo trajando a armadura de bronze de Pégaso, Kouga, o novo protagonista da série, não é capaz de fazer frente ao vilão. Saori desaparece e o novo herói parte à sua procura. No caminho ele conhece Souma, Cavaleiro de Bronze de Lionet (Leão Menor) e juntos derrotam um enviado de Marte.

Se dando conta que a luta não vai ser fácil, Kouga se une a Souma numa escola de treinamento de cavaleiros. Lá eles conhecem a Amazona de bronze Yuna de Águia que é irmã de Marte. A garota rebelde (ela luta sem a tradicional máscara das amazonas) tem uma irmã gêmea malvada (Paola?) que é uma das vilãs da história.

No decorrer da série, um quinteto se formará quando esse trio se unir a Ryuhou de Dragão, filho de Shiryu com Shunrey (!) e Haruto de Lobo, um cavaleiro de bronze que veste a armadura de Lobo e é descendente de ninjas (e primo distante de algum ninja com roupa de gari?). Há também um 6º ranger cavaleiro que começa como vilão e depois vira a casaca pro lado dos mocinhos chamado Eden de Orion.

Por trás de todas as artimanhas malignas da série, está Lúcifer. Não é claro ainda se este Lúcifer é uma outra reencarnação de Hades ou o anjo caído da mitologia cristã (também conhecido como Satanás o cãozinho da Bruxa do 71  e Diabo o imperador do inferno vilão da Patrine). De qualquer forma, esse vilão maior – como todos os outros da série – só dará o ar de sua graça nos finalmentes do negócio.

Além de Seiya, Saori e Shiryu, outros conhecidos do povão vão dar o ar de sua graça: Ikki está na ilha da Rainha da Morte que supostamente teria afundado no episódio 32 da série clássica e vai ajudar Kouga durante algum momento decisivo; Hyoga foi promovido a Cavaleiro de Ouro de Aquário mas foi congelado por Marte (que ironia, não?); Shun perdeu todo cosmo depois da luta contra Hades e vira um tipo de conselheiro dos mais jovens; Shina é mestra de Kouga e Marin tem alguma ligação com Yuna.

Não se sabe se outros personagens (como o Kiki e os outros cavaleiros de bronze) vão aparecer. O que está definido é que Seiya voltará no episódio 17 (hein?) e que ele se unirá a Kouga e os demais na luta para salvar Saori.

O traço da série está um tanto estilizado se comparado ao da série clássica e Seiya está usando um daqueles inexplicáveis lenços ao redor do pescoço que os japoneses acham chic.

Agora confesse:  você ficou muito curioso, né?! Saint Seiya Ômega estréia dia 1º de Abril no Japão e terá pré-estréia mundial no dia 30 de março – inclusive no Brasil.

Publicidade
close