De Olho no Japão: Naruto Continua Por Mais Um Ano e Meio

Só isso? Aham Cláudia. Senta lá.

Prestes e completar 600 capítulos publicados e já com 60 volumes encadernados lançados no Japão, o mangá Naruto é sem dúvidas um dos atuais  pilares da revista Shonen Jump juntamente com outros blockbusters como One Piece (na realidade, ‘O’ blockbuster) e Bleach.

Há algumas semanas, o criador da obra, Masashi Kishimoto, revelou que a história já estava entrando em seu climax, ou seja, no auge dos acontecimentos e prestes a caminhar para a conclusão. Isso foi o suficiente para que muitos apostassem que o título iria chegar ao fim em breve a exemplo de Bleach, que já se encontra em seu derradeiro arco – ao menos é o que dizem…

A mais recente revelação de Kishimoto é que a história ainda deverá durar por pelo menos mais um ano e meio. O autor  declarou já ter em mente como será o final da saga dos Ninjas X-Men e no momento está apenas criando o caminho para se chegar a esse ponto.

Apesar dessa revelação, será muito difícil que o mangá realmente seja encerrando nesse prazo, uma vez que os executivos da Shueisha são bem “carrascos” e dificilmente deixarão que a obra termine assim, ainda mais com o fim próximo de Bleach.

Por mais que Naruto tenha 13 anos de estrada (vixi! Como estamos velhos!) é notório a dificuldade da Jump em emplacar novos hits duradouros e o que temos visto nos últimos tempos é uma série de cancelamentos desenfreados, por mais que muitas obras tenham um grande potencial, como o caso de Magico, por exemplo.

Fora isso, Naruto talvez seja o mangá que mais venda no mercado internacional, onde nem o todo-poderoso One Piece emplacou como deveria. No Brasil, onde nenhuma editora publica seus números (pelo fato de serem minúsculos?) a própria Panini nunca escondeu que a obra é seu carro-chefe.

E então, vocês acham que realmente Naruto tem fôlego apenas pra mais um ano e meio como disse seu autor ou a história pode render bem mais que isso?

Publicidade
close