De Olho no Japão: Primeiro Romance de Lodoss War Ganhará Revisão

Obra está prestes a completar 25 anos.

Ryo Mizuno, autor de Record of Lodoss War, revelou  em seu Twitter que irá revisar o primeiro romance da saga, Record of Lodoss War: The Grey Witch (de 1988)  para uma nova edição a ser publicada pela Kadokawa Shoten em comemoração aos 25 anos da série.

Num post em seu blog, ele admite que quando leu o romance que escreveu duas décadas atrás, sentiu como se estivesse diante do trabalho de uma pessoa completamente diferente.

Mizuno revelou também que as revisões feitas para a nova edição serão “somente as necessárias”, tendo conhecimento de que alguns fãs querem o título original a ser relançado sem tais revisões.

Record of Lodoss War começou como uma série de artigos numa revista, que recontavam as sessões de RPG de um grupo de jogadores que se denominavam Grupo SNE (Group SNE).

Essas aventuras evoluíram numa série de romances que venderam cerca de 10 milhões de cópias. E os romances deram origem à mangás, duas séries de OVA (Record of Lodoss War, de 1990 e Legend of Crystania: The Chaos Ring, de 1996), uma série de TV (Record of Lodoss War: Chronicles of Heroic Knight, de 1998) e dois filmes animados (The Legend of Crystania: The Motion Picture, de 1995, e Welcome to Lodoss Island!, de 1998).

As adaptações em mangás A Lenda do Cavaleiro, A História de Deedlit, A Bruxa Cinzenta e A Dama de Pharis, foram lançadas por aqui pela Panini, sendo que a última demorou 2 anos para ser concluída depois de muita enrolação – e pressão dos leitores.

E a série de OVA’s oi lançada por aqui pela Devir em um box com todos os 13 capítulos, mas  sem a opção de áudio em português.

Publicidade
close