Governo Japonês Inicia Nova Medida Anti-pirataria

Aê, “BRs”, fiquem de olho… =P

onepiece

Entra ano, sai ano, sempre aparece alguma notícia para ameaçar a distribuição ilegal de animes e mangás na rede. No fim das contas, vemos uma derrubada ou outra e termina por aí.

A bola da vez atende pela sigla MAGP (Manga-Anime Guardians Project), projeto encabeçado pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão (METI), que visa monitorar o consumo e compartilhamento desse material de forma não autorizada, a fim de removê-lo.

Em um primeiro momento, serão fiscalizados nos próximos 5 meses os sites que disponibilizarem ilegalmente 580 obras (500 títulos de mangás e 80 de animes), numa lista que inclui pesos pesados como Dragon Ball, Sailor Moon, One Piece, Ataque dos Titãs, Pokémon, Yu Yu Hakusho, Naruto e o nosso velho conhecido Cavaleiros do Zodíaco.

A iniciativa chegou a pôr no ar um site com uma listagem que mostra meios legais para assistir/ler parte dessas obras, como você pode conferir clicando aqui.

Em matéria publicada pelo próprio METI, um relatório feito em 2013 estima que 5,6 bilhões de dólares foram perdidos graças à pirataria de obras japonesas, analisando somente as principais cidades da China (Beijing, Shanghai, Guangzhou, e Chongqing). Outro relatório, deste ano, estima uma perda de 20 bilhões de dólares com a pirataria online.

Uma nova caça às bruxas começa no dia 1º de agosto. Se vai ser efetiva ou não, só vivendo para ver, mas pode começar a imaginar sua vida sem aquele site de streaming sapeca que não pagou nada para exibir seus animes.

Pra finalizar, confiram um videozinho da campanha do MAGP:

Publicidade
close