REVIEW | DARLING in the FRANXX: Episódio 1

A-1 e Trigger num reencontro de staffs do icônico Gainax.

Os patrões falaram que seu não escrevesse nada iriam pegar de volta meu 13ª, então aproveitei a oportunidade para fazer aquele review meia-boca sobre um dos títulos da temporada atual, Darling in the Franxx.

A série está sendo produzida numa parceria entre os estúdios A-1 Pictures (Sword Art Online, ERASED) e o estúdio Trigger (Kill la Kill, Little Witch Academia).

DARLING in the FRANXX - 01 - 01.41

A origem do estúdio Trigger é bastante conhecida, sendo ele formado das principais mentes criativas que faziam parte do estúdio Gainax (Evangelion, FLCL). Mas uma curiosidade muito interessante nesta parceria, é que o diretor da série e integrante da A-1 Pictures é Atsushi Nishigori, que antes de entrar para o estúdio de animação do grupo da Sony, também fazia parte do estúdio Gainax, onde inclusive foi desenhista de personagens do já clássico Tengen Toppa Gurren Lagann. Lá ele também trabalhou como diretor de animação ou diretor de episódios em várias séries, mas acabou saindo de lá para dirigir sua primeira série na A-1, The Idolmaster.
Além desses antigos companheiros de estúdio, a produção dos efeitos 3DCG está por conta do estúdio Khara, que por sua vez foi formado também por ex-integrantes do icônico Gainax.

DARLING in the FRANXX - 01 - 18.18

O design de mecha da série é assinado por Shigeto Koyama, que também trabalhou em animes como o já citado Gurren Lagann e Eureka Seven, e a música ficou a cargo de Asami Tachibana, que também cuidou da trilha sonora das várias temporadas de Haikyuu!!.

E por fim, entrando como desenhista de personagens e diretor de animação, temos Masayoshi Tanaka, que foi responsável pela aparência dos personagens de your name., o mais recente filme de Makoto Shinkai que quebrou recordes e mais recordes.

 

DARLING in the FRANXX - 01 - 11.42

“Os Jian são conhecidos como os pássaros das asas divididas. Possuem apenas um olho e uma asa. Quando um macho e uma fêmea se unem e se completam, só então podem voar.”

Com essa premissa, somos apresentados ao instituto onde se encontram os cadetes Parasitas, que assim como os pássaros, precisam formar um casal para que possam pilotar os robôs gigantes chamados de FRANXX.
Ao que nos é ensinado, apenas algumas pessoas nascem com a capacidade de ser um Parasita e essas crianças são reconhecidas como números e ensinadas desde cedo que seu destino é o de lutar pelo povo e derrotar os monstros que ameaçam a humanidade, conhecidos como Urrosauros. E se um Parasita não conseguir cumprir o seu papel, o mesmo aparentemente é descartado.

DARLING in the FRANXX - 01 - 12.32

Obs.: A partir daqui existem alguns spoilers do episódio.

Neste primeiro episódio, a garota 703, nomeada pelas outras crianças de Naomi, e o garoto 016, Hiro, não passaram no teste de controle do FRANXX. Apesar de Hiro receber permissão especial para continuar ali, Naomi terá que ir embora por não ter sido aprovada, mas ele decide acompanhá-la.

Enquanto isso, uma nova unidade chega ao instituto para testes. A piloto dessa unidade é taxada de “Mata-Parceiros”, devido ao fato de poucos pilotos sobreviverem por muito tempo ao pilotarem junto dela. Ela, que é identificada pelo número 002, na verdade é uma Pistilo, uma garota com dois pequenos chifres e que possui o sangue de Urrosauro em suas veias.

DARLING in the FRANXX - 01 - 06.26

Pouco depois da cerimônia de ativação de 8 dos companheiros de Hiro, enquanto estavam subindo no transporte para sair do instituto, sabendo do destino incerto dos Parasitas que vão embora, Naomi empurra Hiro de volta para a plataforma e pede para que ele continue lá. Logo após o transporte sair, um Urrosauro de alta categoria aparece e acaba atingindo o veículo onde Naomi estava.

Por sua vez, Zero Dois utiliza a sua unidade para lutar com o monstro, mas após algumas investidas de ambos os lados, o seu parceiro que já não estava em boas condições, acaba não resistindo. Após ver a garota, que assim como Hiro era tratada apenas como um número, se preparar para pilotar a sua unidade sozinha, Hiro decide intervir e se oferecer a pilotar do lado dela.

Devida à boa química entre os dois, a unidade FRANXX Strelizia que ela pilotava evolui para a sua verdadeira forma e então conseguem derrotar o Urrosauro.

DARLING in the FRANXX - 01 - 21.46
Durante o episódio, é inevitável não reconhecer certas cenas ou situações que lembram diretamente obras já conhecidas. A cena de Hiro esperando o transporte lembra diretamente a do Shinji (Evangelion) esperando o trem para partir de Tokyo-3. Já a cena da Zero Dois pulando em cima de Hiro lembra a cena onde Mari Makinami também avança pra cima de Shinji em cima do prédio na escola, além das cenas da cabine de controle, todas lembram bastante a obra máxima do estúdio Gainax.

DARLING in the FRANXX - 01 - 02.35

Temos também aqueles fanservices clássicos, como o personagem principal encontrar a garota tomando banho, e enquanto fica o tempo todo segurando a calcinha dela ~sem perceber~, além da inclusão do clássico Gainax Bounce (;3).

E não podemos esquecer a praticamente óbvia homenagem a your name. (que como citado anteriormente, compartilham o mesmo desenhista de personagens), onde Hiro diz “Kimi no namae wa?“, a icônica frase final do filme, ao perguntar o nome da garota. Ok, você pode dizer que é uma pergunta comum e é uma coincidência conveniente, mas a essa altura é impossível não relacionar.

DARLING in the FRANXX - 01 - 23.56

A obra começa como um prato cheio para os fãs dos estúdios envolvidos.
Ah, ANIME IS SAVED ONCE AGAIN.

ONDE ASSISTIR?

DARLING in the FRANXX estreou no dia 13/01 na Crunchyroll e novos episódios devem ser lançados todos os sábados, isto é, se a maldição do estúdio Trigger não acontecer e acabar atrasando os episódio da metade da série pra frente… ¯\_(ツ)_/¯

Publicidade
close