Kokkoku: Moment by Moment estreia no Amazon Prime Video

O que o Geno Studio reserva pra nós?

Com uma semana de atraso em relação à estreia japonesa (algo que tem se mostrado comum no serviço), o anime Kokkoku: Moment by Moment enfim estreou no catálogo do Amazon Prime Video, com opção de legendas em português.

Com produção do novato Geno Studio (Genocidal Organ) e direção de Yoshimitsu Oohashi (Amnesia), a série traz a história de Juri Yukawa, uma jovem de 22 anos que procura por emprego, mas é rejeitada pela 19ª vez após os empregadores perguntarem das profissões de seu pai e irmão. Acontece que o pai é um desempregado e o irmão um neet de 31 anos. Pra completar ainda tem a irmã de 25 anos, mãe de um filho de quem não sabe de quem é o pai. O avô é aposentado e apenas a mãe trabalha.

Juri força o neet a ir buscar o sobrinho na escola, mas na volta o irmão e o sobrinho são sequestrados e os bandidos pedem o resgate num curto espaço de tempo. Depois de umas discussões, o avô chama Juri e o pai dela para colocarem a mão numa pedra chamada Stasis, que quando banhada em sangue é capaz de parar o tempo, mas, ao sair da base dos sequestradores, eles se deparam com outras pessoas capazes de se mover mesmo com o tempo parado, além de um monstro misterioso. Agora fica a cargo de Juri e sua família salvar o resto da sua família e fugir desse mundo em que o tempo parou. E claro, fica a dúvida no ar: quais segredos a linhagem do velho aposentado carrega?

Kokkoku é baseado no mangá de Seita Horie, publicado originalmente na revista Morning Two entre 2008 e 2014.

Além da boa animação e bullet times bonitos, vale destacar também a trilha de abertura, uma colab do MIYAVI com KenKen chamado “Flashback“, que remete um pouco ao som do Gorillaz. O desenho de personagens é assinado por Umetsu Yasuomi, criador dos pesadinhos KITE e Mezzo Forte. Seus desenhos permeiam todo o encerramento, embalado pela canção “Asayake to Nettaigyo“, do Boku no Lyric no Bouyomi.

Os episódios devem seguir semanalmente com esse atraso em relação ao Japão. O trabalho de legendagem da Amazon também incluiu a abertura e o encerramento.

Publicidade
close