Imagem: O Baki no mangá.

Baki: novo anime da Netflix tem 1ª imagem divulgada

TMS segue em frente após o “aperitivo” de 2016.

Mais um item da volumosa lista de animes da Netflix para 2018 está pra chegar. Baki, produção financiada pelo serviço de streaming em parceria com o TMS Enterteinment (Saint Seiya: The Lost Canvas) ganhou sua primeira imagem de divulgação, que pode ser conferida abaixo.

baki

Baki é baseado no mangá Grappler Baki, criação de Keisuke Itagaki, publicado nas páginas da Shonen Champion desde 1991. A primeira serialização se encerrou em 1999, reunindo 42 volumes encadernados, mas o somatório de suas sequências e derivados superam os 140 volumes, tornando o título uma das obras mais extensas dos quadrinhos japoneses.

O plot básico da história acompanha a saga do jovem Baki Hanma, um lutador que sonha em superar o seu pai, que é considerado o homem mais forte do planeta. Pra dificultar seu sonho, violentos criminosos condenados à morte surgem querendo acabar com o lutador, mas Baki acaba conseguindo a ajuda de outros lutadores de artes marciais amadores.

Baki já teve uma adaptação em anime de 24 episódios pelo Group TAC (Flint, O Detetive do Tempo) lançada em 2001, que ainda teve uma sequência também de 24 episódios no mesmo ano. Em 2016, com a animação da mesma TMS que assume a nova produção, rolou um OVA de 15 minutos.

Já teve Baki no Brasil (sem trocadilhos)!

Além das animações citadas, Baki teve um OVA em 1994, que chegou a ser lançado no Brasil. Com o título por aqui de O Último Combate, o anime ficou perdido em um empoeirado VHS lançado na década de 1990, com dublagem feita pela Áudio News (Yu Yu Hakusho, Ultraman Tiga).

Publicidade
close