Yu-Gi-Oh! Arc-V pode chegar à Netflix do Brasil

Mas gente, que que tá acontecendo?

De supetão, alguns assinantes da Netflix receberam na última sexta-feira (30/03) a notificação de que Yu-Gi-Oh! Arc-V estrearia na plataforma. Até aquele momento, existia uma previsão de que teríamos as temporadas 3 e 4 da “clássica” Duel Monsters adicionados no dia 31 de março, e o anúncio de Arc-V marcava a mesma data, como você pode ver no print abaixo.

print-anuncio-netflixmobile-yugiohARCV

No entanto, o dia 31 de março passou e nada aconteceu – ao menos na versão brasileira. Nessa data, Yu-Gi-Oh! Arc-V chegou na Netflix dos Estados Unidos, Canadá, Rússia, República Checa, Austrália, Reino Unido, Lituânia e Eslováquia. No último dia 3 de abril, a Hungria também estreou a série, que em todos esses lugares apresenta só áudio e legenda em inglês. Alguns desses países também receberam as temporadas de Duel Monsters que acabaram também não estreando por aqui.

Mas ainda pode chegar ao Brasil? É bem possível que sim, até porque além da mensagem enviada aos usuários, existe uma página com sinopse em português. O mistério fica por conta de uma possível dublagem tardia.

yugioharcv-paginanetflixbr

As investidas nas séries animadas de Yu-Gi-Oh! haviam se encerrado com os 13 primeiros episódios de Yu-Gi-Oh! 5D’s lançados em DVD. De lá pra cá, a única retomada com a franquia em língua portuguesa foi com a recente Yu-Gi-Oh! Vrains, disponível com legendas na Crunchyroll (comentamos esse caso no último TriviaBox, que você pode conferir no vídeo mais abaixo). Com isso, Yu-Gi-Oh! Zexal de 2011, acabou sendo ignorada.

Produzida de 2014 a 2017 pelo Studio Gallop, Arc-V possui ao todo 148 episódios, sendo que 99 chegaram à Netflix dos países já citados acima. A história foca no personagem Yuya, filho do fundador de uma escola de duelos, que desapareceu misteriosamente. Em meio a um duelo, o pingente do rapaz brilha e a partir de então ele passa a dominar a técnica de Evocação do Pêndulo, que transforma suas cartas. Yuya segue então na saga de desvendar esses mistérios, buscando levar o legado do seu pai, que acreditava que os duelistas deveriam existir para trazer sorrisos e não servir como objetos de guerra.

E o Zexal?

Em março de 2016, uma possível presepada de um estagiário confundiu a cabeça dos fãs (e chegamos até a noticiar isso por aqui). Na época, a Netflix respondeu um comentário de fã e listou novidades próximas, e entre elas estava Yu-Gi-Oh! Zexal. 2 anos depois, nada aconteceu. A série até pode ser vista pela Crunchyroll, porém apenas com áudio em inglês.

yugiohzexal-destacada

Esquecidos no churrasco, mas parece que nem tanto

No mês passado nós publicamos uma edição do TriviaBox comentando sobre títulos que muita gente achava que fosse chegar por aqui oficialmente, mas ficaram a ver navios. Entre eles, falamos das outras séries de Yu-Gi-Oh!, mas parece que o vídeo já tá ficando um pouco datado, né?.

Publicidade
close