Shin-chan já tem nova voz no Japão

Após 26 anos, chegou a hora da “dança da bundinha peladinha” ter outra intérprete.

Após 26 anos, a atriz Akiko Yajima precisou abandonar seu mais famoso personagem, o pequeno endiabrado Shin-chan. Para assumir a figura (que rende uma das maiores audiências dos animes na TV japonesa), foi escalada Yumiko Kobayashi, segundo o site oficial da produção.

No mundo das animações japonesas, Yumiko tem uma vasta experiência fazendo crianças e, entre as referências mais comuns a nós, ela foi a Sarah, na versão original de Love Hina. A voz da atriz começa a aparecer em Crayon Shin-chan já no primeiro episódio do mês de julho.


Yumiko Kobayashi, a nova voz de Shinnosuke Nohara

A saída de Akiko se deu pelo cansaço. Ela alegou que já estava com dificuldades de reproduzir o tom de voz estridente do pequeno Shinnosuke Nohara, e a despedia está marcada para 29 de junho. Essa porém, não é sua despedida da carreira, ela seguirá como atriz de voz pelos trabalhos que vierem – e que não prejudiquem sua garganta. Aliás, ela também faz o gatinho Lector em Fairy Tail, que tem sua última temporada programada para este ano.

No Brasil, Shin-chan não teve uma carreira muita longa. O anime de comédia escrachada, classificada a um público mais velho, se viu meio perdido na grade da Fox Kids onde estreou no fim de 2002. Pouco depois sofreu com a denúncia de um político (relembre aqui), até perder espaço de vez, ganhando uma pequena nova chance posteriormente pelo Animax, com direito a episódios inéditos.

Uma versão em mangá teve apenas 12 edições, em um formato estranhíssimo pela Panini. Alguns episódios também saíram em DVD, em volumes dispensáveis da Imagem Filmes. Aqui, o personagem teve a voz de Fátima Noya, mais conhecida pelo Gohan (criança) e Goten na saga de Dragon Ball Z.

[Via TV Asahi]

Publicidade
close