Coluna do Daileon#6: A nova invasão de Godzilla na Netflix

E também nos cinemas, porque Godzilla nunca é demais!

Saudações inca-venuzianas! (Awika!) A Copa acabou e o mês continua devastado por kaijus pra tudo quanto é lado. Temos Godzilla em dose dupla nesta edição. Estreou a segunda parte da trilogia animada do rei dos monstros na Netflix e é claro que vamos papear juntos sobre isso (sem spoilers). E também sobre o novo filme que chega logo mais em 2019. Preparados? Então apertem os cintos que a jornada está apenas começando.

 

O apocalipse de Godzilla

A segunda parte da trilogia animada do rei dos monstros finalmente está entre nós. Godzilla: Cidade no Limiar da Batalha estreou nesta quarta (18) exclusivamente via Netflix. O canal de streaming demorou exatamente dois meses após o lançamento nos cinemas japoneses para apresentar mundialmente a atração, assim como aconteceu com Godzilla: Planeta dos Monstros em janeiro deste ano.

Para quem ainda está por fora, a Toho Animation, em parceria com a Polygon Pictures (dos filmes de Ultraman Cosmos), está produzindo esta trilogia de Godzilla animada por computador. Gen Urobuchi, roteirista renomado por títulos como o anime Madoka Magica e o tokusatsu Kamen Rider Gaim, é quem assina esta linha pós-apocalíptica da franquia. A direção está a cargo de Kobun Shizuno e Hiroyuki Seshita. A trilogia conhecida também como “AniGoji” é a primeira animação oficial da Toho. Antes tivemos uma versão animada da Hanna-Barbera de 1978 e outra de 1998, baseada no “trash” de Roland Emmerich.

A saga alternativa conta sobre a invasão de Godzilla que ameaça a existência da humanidade. A maioria dos humanos consegue escapar através da nave Aratrum. Devido a distorção de espaço-tempo causada pela longa distância, os sobreviventes retornam à Terra 20 mil anos no futuro e totalmente devastada. Haruo Sakaki (originalmente dublado por Mamoru “Ultraman Zero” Miyano) e seus companheiros de tropa executam a tática anti-Godzilla, com o auxílio de duas raças alienígenas – os Exif e os Bilusaludos (que nome, hein). Estes, portanto, prometem acabar com o monstro gigante em troca de habitação na Terra.

Durante a execução da tática, Haruo desaparece. A partir daí começam os eventos desta nova parte, onde o protagonista é resgatado por Miana, uma garota de uma tribo aborígine conhecida como Houtua. Descendentes de uma geração de mil anos atrás, os Houtua são os primeiros humanoides que sobreviveram ao Godzilla. Miana tem uma irmã gêmea chamada Maina e ambas contam para Haruo sobre um deus que foi destruído por Godzilla.

Haruo se determina a lutar contra Godzilla e reconquistar a terra que era dos humanos. Diante disso surge um questionamento sobre a origem dos monstros e a interferência humana. Enquanto isso, Galu Gu, líder dos bisaludianos, descobre que as lanças dos Houtua são feitas de nanometal, o mesmo material feito para construir o Mechagodzilla que foi destruído tempos atrás nos arredores do Monte Fuji. Mistérios são desvendados, incluindo um segredo de Mechagodzilla.

Godzilla: Cidade no Limiar da Batalha mantém a mesma densidade do filme anterior e reserva muita ação e surpresas. O desenrolar supera a primeira parte e cria muitas expectativas quanto à sua continuação. Há uma menção importantíssima na cena pós-créditos que serve de gancho para a última parte da trilogia que está marcada para novembro nos cinemas japoneses. Se tudo seguir o mesmo padrão dos dois primeiros filmes, veremos a parte final em janeiro de 2019. Mais seis meses de espera/ansiedade.

*Mais Godzilla no final desta edição.


Fora do ar

A Tsuburaya informou no tweet acima sobre a exibição de Ultraman R/B fora do Japão. Agora a série só poderá ser vista no YouTube (de forma oficial, é lógico), apenas no Japão e nos demais países da Ásia. A produtora informa ainda que uma nova atualização sobre a disponibilidade da nova série Ultra será feita num curto período de tempo.

Fãs ao redor do mundo esperavam ansiosamente pelo simulcast de Ultraman R/B pela Crunchyroll como aconteceu nos últimos três anos. O que pode ainda acontecer cedo ou tarde (assim esperamos).

Bem como as atrações anteriores, o primeiro episódio dos Irmãos Rosso & Blu foi exibido normalmente para o resto do mundo pelo canal oficial e com opção de legendas em inglês.


Red Requiem no YouTube

Em comemoração aos 100 mil inscritos, o Tokusatsu TV lança o filme Garo: Red Requiem. O primeiro filme da franquia da produtora Tohokushinsha estreia no catálogo do canal oficial da Sato Company no YouTube em 25 de julho, às 17h. O título ficará disponível por um mês e na versão dublada.

Garo: Red Requiem esteve disponível na Netflix entre julho de 2016 e julho de 2018.


Bate-papo semanal

O canal Made in Japan apresenta semanalmente o Henshin Universe. O novo programa irá debater sobre tokusatsu e expectativas sobre o universo dos heróis nos quadrinhos da Editora JBC. O primeiro programa está no ar desde a última terça (17) e é comandado por Marcelo Del Greco. Nesta edição participam o cantor Ricardo Cruz (JAM Project, Danger3) e Edi Carlos Rodrigues, gerente de marketing da editora. Novas edições do Henshin Universe vão acontecer até o lançamento do mangá de Jaspion previsto para dezembro, durante a semana da CCXP.

Leia mais sobre o novo mangá de Jaspion aqui.


Pôster oficial

Enfim, o pôster de Kamen Rider Zi-O foi divulgado (e devidamente escaneado para a noooooooosa alegria). O slogan diz algo como “vá além do tempo e do espaço”.


Rider secundário

Kamen Rider Zi-O contará com outro personagem: Kamen Rider Gates. Detalhe para o cinto do personagem que marca o ano 2068 (cinco décadas à frente). Não se sabe ainda se ele será um inimigo ou aliado nem se ele vem do futuro.


Fusão

Os irmãos Rosso & Blu farão uma fusão na série Ultraman R/B daqui a alguns episódios. A scan não é da melhor qualidade, mas vale por apresentar o visual dourado dessa combinação.


Novos filmes de Lupin VS Pat

A Toei anunciou mais dois filmes de Lupinranger VS Patranger. Além do filme de verão nos cinemas, a série ganha dois especiais. O primeiro é Kaitou Sentai Lupinranger + Keisatsu Sentai Patranger: The Ultimate Weird Fusion e o segundo é Keisatsu Sentai Patranger feat. Kaito Sentai Lupinranger: Another Patren 2-go.

O detalhe neste último filme é que Patren 2-go (leia: Nigô) teve o alter-ego trocado (Sakuya, cadê você?).

Cada especial será composto por duas partes e serão respectivamente lançados em 4 e 11 de agosto via Toei Tokusatsu Fan Club, serviço de streaming do estúdio.


Shaider em Blu-ray

A terceira série da franquia Metal Hero e a última da trilogia dos Policiais do Espaço será lançada em Blu-ray no Japão. A primeira box com os primeiros 16 episódios (de um total de 49) será lançada em 2 de novembro, enquanto a segunda e a terceira serão lançadas em 9 de janeiro e 6 de março de 2019, respectivamente.

Como parte das comemorações dos 35 anos de Shaider, a coleção conterá um material extra com as participações de integrantes do elenco como Jun Yoshida (Sacerdotisa Paul), Naomi Morinaga (Annie) e Mai “Change Phoenix” Ooishi (Garota 2).

Hiroshi Tsuburaya, neto de Eiji Tsuburaya, interpretou Dai Sawamura/Shaider entre 1984 e 1985. Morreu aos 37 anos em 24 de julho de 2001, vítima de câncer de fígado.

Shaider foi exibido na TV brasileira entre 1990 e 1992 pelas emissoras Gazeta e Globo.


De volta à escola

A Boom Studios anuncia um especial de verão para a série de quadrinhos Go Go Power Rangers. Back to School será publicado em setembro no mercado americano e irá apresentar um conjunto de histórias focadas individualmente em cada herói. As artes serão de Tim Towe, Derek Charm, Jordan Gibson, Xiao Tong Kong e Ilaria Catalani.


O primeiro olhar do novo Godzilla

O site Entertainment Weekly divulgou em primeira mão neste fim de semana as duas primeiras imagens de Godzilla: King of the Monsters. Este é o segundo filme do kaiju na franquia MonsterVerse, que prepara terreno para o (re)encontro com King Kong.

A sequência do filme de 2014 vai acompanhar mais uma vez a agência de criptozoologia Monarch se deparando com o rei dos monstros, que disputa a supremacia contra Rodan, Mothra e King Ghidorah. A primeira imagem mostra Godzilla todo seu poder através de sua famosa rajada de energia.

A segunda imagem (abaixo) mostra Dra. Emma Russel, uma cientista que trabalha para Monarch, e sua filha Madison. Ambas são sequestradas por uma organização misteriosa que tem seus próprios planos para capturar as criaturas. Emma será interpretada por Vera Farmiga, conhecida pelos dois filmes da série Invocação do Mal e por ser a estrela principal da série televisiva Bates Motel.

Minha personagem aprendeu como se comunicar com os monstros e, potencialmente, controla-los através de um sistema de sonar. Ela é uma espécie de ‘DJ’ para esses monstros“. Contou a atriz em uma recente entrevista ao Slash Film, portal americano especializado em cinema.

Mille Bobby Brown é Madison. A atriz de apenas 14 anos é conhecida entre os fãs de Stranger Things, série exclusiva da Netflix que carrega várias homenagens/referências aos clássicos do cinema das décadas de 70 e 80.

Na mesma nota divulgada pela EW, o diretor Michael Dougherty foi entrevistado e disse que a humanidade (do filme, é claro) sofreu alterações com o despertar do rei dos monstros:

O mundo está reagindo a Godzilla da mesma maneira que reagiríamos a qualquer incidente terrível, no sentido de exagerarmos. Existe paranoia e especulação infinita sobre ele ser o único por aí, ou se estamos ameaçados por outros de sua espécie.

Sally Hawkins e Ken Watanabe reprisam os respectivos papéis dos cientistas Vivienne Graham e Ishiro Serizawa. Curiosamente este último é uma referência ao Dr. Daisuke Serizawa, personagem importante do filme original de 1954 e interpretado pelo lendário astro de filmes kaiju Akihiko Hirata (1927~1984).

Godzilla: King of the Monsters tem estreia marcada nos EUA para o dia 31 de maio de 2019, enquanto Godzilla vs. Kong estreia em 22 de maio de 2020.

Assista o teaser trailer:

Fim de papo, marmanjada. Próxima sexta tem mais uma edição da Coluna do Daileon. Segunda-feira o Blog Daileon retorna das férias e novidades vão pintar por lá ao longo das próximas semanas. Hasta la vista.

Publicidade
close