Coluna do Daileon#10 | Jaspion nos EUA! O clássico agora em vídeo

Clássico no Brasil, herói japonês vira “novidade” nos EUA.

Saudações inca-venuzianas! (Awika!) Estamos há dez semanas seguidas no ar, marmanjada! Que beleza! E vocês sabem quem está na capa de novo? É ele. É ele. O nosso fantástico Jaspion. O Tarzan Galático tá em alta, minha gente. Pode comemorar. (Ele merece! Ele merece! Ele merece! Ele…) O motivo não é à toa (nunca foi e jamais será em vão). Pela primeira vez o nosso herói passa pela terra dos Power Rangers para figurar a lista de lançamentos de tokusatsu, especialmente com temas relacionados a monstros gigantes, lá nos States. Vamos papear um pouco sobre isso. E, claro, notícias desse universo cheio de maquetes, faíscas, trambolhos e coisas do tipo.


Jaspion na América!

É, amigos. O nosso herói do Planeta Edin está em alta e foi parar lá na terra do Super Sam (Time is money!). Quem diria. A empresa americana Discotek Media anunciou durante o evento Otakon deste domingo (12) que adquiriu o licenciamento de Jaspion. O lançamento será em Blu-ray e a imagem será em Standard Definition (ou SD). Em outras palavras: sem remasterização (já que a série ainda nem foi lançada com imagem em alta definição no Japão).

Os disquinhos virão com episódios legendados (in English) e a previsão de lançamento é para o começo de 2019.

Capa do blu-ray americano de Jaspion

Provavelmente o lançamento se deve por duas coisas:

A primeira é pela fanbase gringa formada por fãs de séries e filmes kaiju. Godzilla, por exemplo, faz parte da nostalgia americana. Isso ajudou a difundir a cultura do tokusatsu no país, que por muito tempo acompanhou os kaijus nas décadas douradas. Essa nostalgia (equivalente à nossa pela extinta Manchete) é viva até hoje. Provavelmente o maior divulgador de filmes kaiju nos EUA é o pesquisador August Ragone, que escreveu uma biografia sobre o mestre Eiji Tsuburaya (falei sobre ele aqui na coluna). Existe também o Kaijucast. Como o nome sugere, é um podcast dedicado a títulos como Godzilla, Gamera, Ultraman etc.

E a segunda pode ser por causa da notícia do filme brasileiro do Tarzan Galático. A fama pode ser maior entre os fãs americanos por conta do mangá brasileiro de Jaspion que deve sair em dezembro pela Editora JBC.

Enfim, Jaspion está em alta e espera-se que caia realmente no gosto do fandom americano. Obviamente que não terá o mesmo boom como foi no Brasil (aquilo foi um momento ímpar e marcante), mas a série tem tudo pra cair no favoritismo dos mais ávidos por monstros gigantes e por tokusatsu em geral. Quem sabe daí o mangá brasileiro seja exportado para lá, né? O mundo dá voltas.


Outro clássico nos EUA

Uchuu Kara no Message: Ginga Taisen; clássico da Toei Company de 1978

No mesmo evento gringo, a Discotek anunciou também o lançamento de Uchu Kara no Message: Ginga Taisen (ou Message from Space: Galactic Wars).

Produzida pela Toei Company, é um spin-off do filme Uchuu Kara no Message (exibido no Brasil como Mensagem no Espaço), clássico de 1978 que pegou carona no sucesso de Star Wars. Tanto o filme quanto a série de TV (também do mesmo ano) contaram com Shotaro Ishinomori como um dos criadores. O clássico virá no mesmo formato de Jaspion e tem a mesma previsão de lançamento.

Uchuu Kara no Message: Ginga Taisen tem apenas 27 episódios e era exibido nas noites de sábado da TV Asahi (às 19h30 pra ser mais preciso). O astro principal é Hiroyuki Sanada, que já participou de séries tokusatsu como JAKQ e Bioman. O ator aparece também em filmes hollywoodianos como O Último Samurai, Speed Racer e Wolverine: Imortal.


Nota de falecimento

Morreu nesta segunda-feira (13), aos 67 anos, o dublador japonês Unsho Ishizuka, vítima de câncer esofágico. Nas séries tokusatsu foi o vilão Monarca La Deus em Flashman, além de outros papeis no gênero como o gorila Larry de Zyuohger.

A nota veio a público ainda nesta sexta (17).


Kurosaki é coisa nossa

Um programa da TV Asahi apresentou nesta semana uma lista das personalidades japonesas mais conhecidas no Brasil. Quem ficou em primeiro lugar foi ele: Hikaru Kurosaki. Ah, não sabe quem é? Dá uma olhadinha nesse vídeo aqui pra conferir e pular da cadeira pra ter certeza.


Dia nacional

Agora é pra valer. Power Rangers entra oficialmente no calendário nacional dos EUA. O dia 28 de agosto, que já era celebrado pelos fãs devido à exibição do primeiro episódio (Dia da Mudança) em 1993, agora se torna uma tradição no país com a proclamação do dia nacional. Tudo isso graças à Hasbro, a nova dona da franquia que também está dando todo o apoio ao aniversário dos heróis multicoloridos.

Os fãs americanos irão usar nas redes sociais a #NationalPowerRangersDay para celebrar.


Mais Garo na América do Norte

A segunda temporada do Cavaleiro Makai estreou nesta quinta (16) no serviço de streaming Hidive em 16 de agosto, sempre com dois episódios semanais. Porém o serviço disponibiliza a série apenas nos EUA e no Canadá, com exclusividade.


Heróis do tabuleiro

Está em desenvolvimento pela Renegade Game Studios o jogo de tabuleiro Power Rangers: Heroes of the Grid. Baseado no clássico Mighty Morphin Power Rangers, as artes são de Dan Mora, da revista Mighty Morphin da BOOM! Studios.

Mais detalhes no site da Kickstarter.


Fotos dos Drivers

Saíram scans de uma publicação com o catálogo da Jikuu Driver. Veja nos slides:

 


Tem mais!

Rikiya Koyama, o Joe Kazumi de Kamen Rider Black RX, fará a voz do cinto de transformação. Apenas em diálogos.


Tem mais! 2

Já o cantor Yohei Onishi, intérprete do tema de abertura de Ninninger, fará a voz de Jikku Driver quando canta (na transformação?).


Vingadores do Espaço

Meu amigo e mestre Alexandre Nagado escreveu nesta semana em seu blog Sushi POP uma resenha sobre a série Vingadores do Espaço. Clássico das séries kaiju que passou no Brasil e que foi baseado na obra de Osamu Tezuka (seriado velho também é ótimo, Manchetinha).

O texto também traz curiosidades sobre o elenco que por lá passou. Leia aqui e divirta-se. :)

Veja também sobre Vingadores do Espaço nesta edição do TriviaBox em nosso canal no YouTube.


Era uma vez um Rider como Bruce Lee

Mike Moh, o Kamen Rider Axe em Kamen Rider – O Cavaleiro Dragão (de 2009) será Bruce Lee no filme Once Upon a Time in Hollywood, dirigido por Quentin Tarantino e produzido pela Sony.

Moh foi contratado com base em suas habilidades nas artes marciais. Ficou conhecido como o Ryu na web-série Street Fighter: Assassin’s Fist e Street Fighter: Ressurrection. Em Kamen Rider – O Cavaleiro Dragão (versão gringa de Kamen Rider Ryuki) viveu os personagens Danny Cho e Hunt, ambos alter-egos de Kamen Rider Axe (a contraparte de Kamen Rider Tiger).

Baseado em fatos reais, Once Upon a Time in Hollywood irá se passar na cidade de Los Angeles do distante ano de 1969. Nos papéis principais estão Leonardo DiCaprio e Brat Pitt. Não se sabe ao certo qual será a função de Bruce Lee no filme.

Previsão de lançamento nos cinemas americanos em 9 de agosto de 2019.


Tamos encerrando mais esta edição da Coluna do Daileon, prometendo voltar na próxima sexta. Ah, a próxima edição será especialíssima e carregada de poder com elevação à 25ª potência. Deu pra sacar qual será o tema, né? Vai ser mais que demais! Será morfenomenal! Fiquem ligados. Té +. ♫They‘ve got…

Publicidade
close