Séries “Ultraman” deixam o catálogo da Crunchyroll

Primeiro título chegou há exatos 4 anos.

4 anos após a estreia de Ultraman Max no serviço de streaming da Crunchyroll, chegou a hora da série dizer adeus junto a mais três outros títulos da mesma franquia. No último domingo (14/10), tanto Max (2005) quanto Ultraman Leo (1974), Ultraman 80 (1980) e Ultraman Mebius (de 2006) deixaram a plataforma, após o fim do contrato com a Tsuburaya – produtora dos heróis gigantes.

O anúncio veio dois dias antes, por meio de uma nota da moderação gringa da Crunchyroll. Apesar da baixa em massa, outras três séries ainda permanecem por lá: Ultraman X (2015), Ultraman Orb (2016) e Ultraman Geed (2017), todas com idioma original e legendas em português. Ultraman Gaia (1998) e Ultraman Nexus (2004) estão disponíveis na versão de idioma inglês.

Os sinais não andam muito bons para os fãs da família Ultra e de tokusatsu em geral. A estreia de Max representou na época a quebra de um jejum desse tipo de produção em meios oficiais em nosso país – a última série inédita do gênero apresentada no Brasil até aquele momento havia sido Ryukendo pela RedeTV! em 2009. A partir de Ultraman X, a parceria da Crunchyroll garantiu uma sequência de séries exibidas simultaneamente com o Japão, algo inédito por aqui, e que acabou chegando ao fim neste ano de 2018. Atualmente, os japoneses assistem a Ultraman R/B e também ao anime SSSS Gridman (que tem como base outro tokusatsu da Tsuburaya dos anos 1990), que acabaram não chegando por meios oficiais.

[Via Crunchyroll]


Ultraman foi criado em 1966 pela equipe de Eiji Tsuburaya, um dos nomes mais importantes do cinema de efeitos especiais no Japão. A série rendeu 39 episódios e seu sucesso ajudou não só a ditar o estilo dos programas de heróis orientais, mas a também criar uma das franquias mais longevas e rentáveis do gênero.

Na história da série original, Ultraman é um ser vindo da Nebulosa M78, que acaba chegando à Terra enquanto estava à caça de um monstro. Durante sua missão, ele acaba sem querer tirando a vida de Hayata, um membro da Patrulha Científica (ou SIA), que combate ameaças alienígenas. Pra remediar a situação, Ultraman revive Hayata como seu hospedeiro, passando a defender nosso planeta enfrentando monstros que causam destruição.

Ultraman foi exibido no Brasil entre o fim dos anos 1960 e meados dos anos 1980 pela TV Bandeirantes, TV Tupi, TV Record e TVS/SBT, retornando com uma nova dublagem nos anos 1990 pela Rede Manchete, reprisada na CNT e Cine House. Essa versão redublada, distribuída pela Sato Company, chegou a ser lançada também em uma coleção de fitas VHS. Outras exibições posteriores e lançamentos em DVD levantaram suspeitas de ilegalidade.

Após Ultraman, seguiu-se uma franquia de séries que dura até hoje (com algumas pausas). Além das exibidas pela Crunchyroll, o Brasil acompanhou Ultraseven, O Regresso de Ultraman, Ultraman Tiga e Ultraseven X, além de vários filmes lançados no mercado de home-video e serviços on-demand.

Saiba mais sobre as primeiras séries tokusatsu exibidas no Brasil em nosso Trivia Box especial:

Publicidade
close