Filme da franquia PreCure (Glitter Force) entra para o Guinness com recorde de guerreiras mágicas

55 meninas lutando na tela grande!

Um fato inusitado rolou com o filme mais recente da franquia PreCure (conhecida também pelo título Glitter Force no Ocidente). A produção cravou seu nome no Guinness World Record, simplesmente por ter o maior número de guerreiras mágicas lutando juntas em um filme de animação: um total de 55 garotas!

A nomeação oficial aconteceu no Japão neste dia 27 de outubro, que também marca a estreia do filme por lá. Junto à representante do Guiness, Kaori Ishikawa, estavam parte do elenco de vozes do anime e também o presidente da Toei, Katsuhiro Takagi.

Esse certificado ficará exposto até o dia 7 de novembro no 9º andar do Shinjuku Wald 9, um dos principais cinemas de Tóquio.

Elenco de PreCure junto à representante do Guinness e o presidente da Toei

Eiga Hugtto! Precure ♡ Futari wa Precure All Stars Memories comemora os 15 anos da primeira série, Futari wa PreCure, reunindo as personagens que fizeram parte dessa história. O longa é exibido nos cinemas japoneses enquanto o novo título da série, Hugtto! Precure, é transmitido na televisão desde o mês de fevereiro.

Na série atual, a jovem estudante Hana Nono acaba de ter um começo difícil em sua nova escola quando é surpreendida por uma bebê que cai do céu, chamada de Hug-tan. Mas a pequenina não vem sozinha, pois está junto de seu cuidador, um… hamster falante, chamado Hari. Um grupo perverso denominado de Clias Company está atrás de Hug-tan para obter seu Cristal Mirai, cujo poder é capaz de criar o amanhã, portanto o seu roubo pode prejudicar o futuro de todos. A vontade de Hana em proteger Hug-tan dos ataques do mal faz com que um novo Cristal Mirai seja criado, transformando a jovem na guerreira Cure Yell.

[Via Comic Natalie]


Futari wa PreCure (ou Pretty Cure) surgiu em 2004 em uma série produzida pela Toei Animation, criada por uma equipe criativa da empresa intitulada de Izumi Todo. O sucesso dos 49 episódios fez com que não só uma sequência e filmes fossem produzidos, como inaugurou uma franquia que dura até hoje, com mais de 10 segmentos na televisão e outras mídias.

Futari wa PreCure | 2004 Toei Animation

O anime original chegou a ser negociado com televisões brasileiras na década de 2000, por intermédio da Angelotti Licensing, porém nenhuma emissora fechou acordo para exibição.

Em 2015, a série Smile PreCure! (nono seguimento da TV, produzida em 2012) foi adaptada no Ocidente pela Saban Brands, que vendeu a vários países com exibição exclusiva na Netflix, renomeando-a para Glitter Force. Essa adaptação ocasionou mudanças de termos e trilha sonora, além de fechar uma temporada de 40 episódios contra 49 da versão original.

Glitter Force | 2012/2015 Toei Animation

No enredo simples, um grupo de cinco garotas escolhidas por uma criaturinha do Reino dos Finais Felizes recebem poderes e se transformam nas Glitter Force, tendo que impedir que a força das sombras de Joker e os generais do Final Infeliz triunfem.

Na versão “brasileira”, Glitter Force acabou recebendo dublagem feita em um estúdio de Miami, em um resultado bastante questionável. Em 2017, a série seguinte, chamada de Glitter Force Doki-Doki (Doki Doki! PreCure, no original) teve mais sorte com uma versão localizada no Rio de Janeiro, no estúdio Blue Bird.

No mesmo ano de 2017, a marca Glitter Force foi devolvida pela Saban Brands para controle da própria Toei.

 

Publicidade
close