Os Cavaleiros do Zodíaco: assista ao 1º trailer dublado do remake da Netflix

Após uma exibição na noite de hoje (8/12) na CCXP, a Netflix liberou para o público o 1º trailer d’Os Cavaleiros do Zodíaco, remake do clássico que está sendo produzido em parceria da plataforma de streaming com a Toei Animation.

O vídeo confirma que o personagem Shun de Andrômeda agora será uma mulher, além de algumas outras alterações dos conceitos originais. Mestre Ancião, Shunrei, a armadura de ouro de Sagitário, os cavaleiros de bronze secundários, a amazona Marin de Águia são outros elementos presentes no vídeo, que você pode conferir logo abaixo:

Os Cavaleiros do Zodíaco tem estreia prevista entre junho e setembro de 2019. Os 12 episódios devem recontar a fase da Guerra Galáctica e o início da batalha contra os Cavaleiros de Prata. Os roteiros são de Eugene Son (Avengers: Secret Wars), com direção de Yoshiharu Ashino (D.Gray-man Hallow).

A dublagem está sendo feita no estúdio Vox Mundi, em São Paulo, e conta com o elenco original da série (ao menos os atores que estão em atividade) exibida na época da Rede Manchete. Para Shun, que mudou de gênero, foi escalada Úrsula Bezerra, a voz do Naruto e também a irmã do dublador original, Ulisses Bezerra.

[Via Netflix]


Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya) estreou nas páginas da revista Weekly Shonen Jump em dezembro de 1985. De autoria de Masami Kurumada (Bt’X, Ring ni Kakeru), a trama rendeu uma versão animada em 1986 pela Toei Animation (Dragon Ball, Sailor Moon), patrocinada diretamente pelaBandai, que marcou época com os bonecos derivados que vestiam armaduras de metal.

A história narra a saga de um grupo de jovens que protegem a Terra guiados por Saori Kido, a reencarnação da deusa Atena. Treinados desde crianças, órfãos de todos os cantos são recrutados para vestirem armaduras mitológicas, baseadas nas constelações.

Exibido no Brasil a partir de setembro de 1994 na extinta Rede Manchete, foi um fenômeno comercial que abriu porta para as animações japonesas no país. A série clássica foi reprisada anos depois peloCartoon NetworkBandPlay TV, e atualmente é exibida em alta definição pela Rede Brasil de Televisão. A Crunchyroll também disponibiliza a série por streaming, com dublagem. Foi lançada por completo em DVD pela PlayArte, que atualmente produz a versão em Blu-ray.

O mangá original foi publicado por aqui pela primeira vez no fim de 2000, pela Conrad Editora. Ganhou nova edição pela mesma empresa e depois pela Editora JBC, que publica atualmente uma edição de luxo, Cavaleiros do Zodíaco: Kanzenban.

Saint Seiya gerou vários derivados entre animações e quadrinhos, sendo continuações ou spin-offs. Entre os mangás, os títulos Episódio G (Conrad), Lost Canvas, Next Dimension e Saintia Shô (JBC) foram publicados no Brasil. Entre os animes, Os Cavaleiros do Zodíaco Hades (2002), Saint Seiya: The Lost Canvas (2009), Os Cavaleiros do Zodíaco: Ômega (2012) e Os Cavaleiros do Zodíaco: Alma de Ouro (2015, apenas legendado) também foram exibidos. Em dezembro, ocorre no Japão o lançamento da versão animada de Saintia Shô.

Publicidade
close