Desenhista de “High School of the Dead” explica que não é fácil continuar o mangá após a morte do autor

Em entrevista, ele esclarece que, só de pensar no Daisuke Satou, já sente que não deve mais se envolver com a obra.

Em entrevista ao site Comic Natalie, o desenhista Shouji Satou revelou que não lhe é fácil desenhar uma continuação para High School of the Dead após a morte de seu criador, Daisuke Satou, por conta de uma parada cardíaca no ano passado. A obra entrou em hiato após um tsunami no Japão, em 2011, pois o mangaká não se sentia confortável em tocar uma obra pós-apocalíptica depois do ocorrido.

Shouji Satou explicou que, com certa frequência, recebe comentários de fãs do mangá de fora do Japão que não têm conhecimento da situação, pedindo que ele retorne com a série. Que mesmo sentindo pesar pela parada do gibi, só de pensar no Daisuke Satou ele decide que não deve se envolver novamente em Highschool of the Dead.

Kawanakajima, editor do mangá Triage X, o qual também é ilustrado pelo Shouji Satou, afirmou que, realisticamente, não há ninguém no mundo que possa herdar a visão do Daisuke Satou, continuando a história do jeito que ele gostaria de contar. Para isso, eles precisariam de alguém que conhecesse os planos do autor para o resto da obra, com a capacidade de escrevê-las adequadamente.

Falando sobre Triage X, Shouji anunciou que o mangá chegará ao seu fim na 21º edição.

[Via ANN 1/2]


Highschool of the Dead é um mangá de terror escrito por Daisuke Satou e ilustrado por Shouji Satou, publicado entre 2006 e 2011, com um breve retorno em 2013, pela revista Monthly Dragon Age, rendendo 7 volumes encadernados. Aqui no Brasil, foi publicado pela Panini em formato normal e numa edição de luxo full color. Em 2010, rendeu um anime de 12 episódios.

Publicidade
close