Mangá de “One Piece” volta a ser bimestral no Brasil

Antes publicada mensalmente, obra já estava alcançando a edição japonesa.

O mangá de One Piece, atualmente publicado no Brasil pela editora Panini, terá sua periodicidade de lançamento alterada. Saindo de forma mensal desde 2017, a obra voltará a ser bimestral a partir de 2019. A informação foi dada pela editora Beth Kodama através de uma resposta a um seguidor num post de Facebook e divulgada pelo blog Biblioteca Brasileira de Mangás.

E como o título não se encontra no checklist de janeiro da editora, é especulado que ele saia apenas nos meses pares do ano. No Japão, o mangá está em seu 91º volume, com 86 desses já lançados por aqui.

[Via BBM]


Criado por Eiichiro Oda em 1997, One Piece é um dos maiores fenômenos de venda da história dos mangás no Japão. Serializada na Weekly Shonen Jump, a obra reúne 91 volumes até então, publicados no Brasil pela editora Panini (anteriormente, teve parte publicada pela Conrad).

A história acompanha a jornada de Monkey D. Luffy, que inspirado por seu herói de infância, navega os sete mares atrás do One Piece, um tesouro que dará o título de Rei dos Piratas a quem o encontrar. Quando pequeno, Luffy comeu um dos chamados “frutos do diabo”, o que acabou lhe dando a habilidade de se esticar como uma borracha – mas também o fez perder a capacidade de nadar. Ao longo de seu caminho, o aspirante a rei dos piratas acaba reunindo valiosos aliados, como o espadachim Zoro, a navegadora Nami e o cozinheiro Sanji.

Em 1999, a Toei Animation deu início à série animada, sucesso de audiência até os dias de hoje, com mais de 860 episódios. No Brasil, a 1ª temporada chegou pelo Cartoon Network em 2006, porém em uma versão cheia de censuras distribuída pela americana 4Kids. A mesma versão foi exibida também pelo SBT, com a diferença de exibir a abertura baseada na canção japonesa original.

Todos os episódios sem cortes estão disponíveis com legendas pela Crunchyroll.

Publicidade
close