“Mirai” leva o Annie Awards de melhor longa-metragem independente

46ª edição do “Oscar da animação” premia filme do Studio Chizu.

Rolou no último sábado (02/02) a 46ª edição do Annie Awards, maior premiação norte-americana do mercado de animação. Entre os indicados, estava Mirai (Mirai no Mirai), que venceu a categoria de Melhor Longa-Metragem Independente. Único filme totalmente nipônico na disputa, ele é dirigido por Mamoru Hosoda através do seu Studio Chizu (Wolf Children, O Rapaz e o Monstro). Ainda sem previsão de estreia aqui no Brasil, o longa conta a história de um menino que, ao encontrar um jardim mágico, entra em contato com sua futura irmã, ali, uma adolescente.

Com ele, concorreram MFKZ (Shoujiro Nishimi, Guillaume “Run” Renard), produção franco-japonesa, parceria entre os estúdios Ankama Animations e Studio 4°C (Tekkonkinkreet, Animatrix), Tito e os Pássaros, dos brasileiros Gustavo Steinberg, André Catoto, Gabriel Bitar – junto com Ruben Brandt, Collector (Milorad Krstic) e This Magnificent Cake! (Emma De Swaef, Marc James Roels).

Mirai também está entre os indicados ao Oscar 2019 na categoria de Melhor Animação, junto com Ilha dos Cachorros (Wes Anderson), Os Incríveis 2 (Brad Bird, Pixar), WiFi Ralph: Quebrando a Internet (Rich Moore, Phil Johnston, Disney) e Homem Aranha no Aranhaverso (Peter Ramsey,  Bob Persichetti, Rodney Rothman, Sony Pictures Animation). A cerimônia de entrega dos prêmios vai ao ar no dia 24 de fevereiro.

[Via Annie Awards]