Band exibe último episódio disponível de ‘Super Onze’ e inicia reprise

Emissora cumpre missão de exibir três séries japonesas por “completo”.

Na última terça-feira (19/2) a Band exibiu o episódio 78 de Super Onze (Inazuma Eleven), último do pacote distribuído no Ocidente pela empresa Televix. Com isso, nesta quarta (20/2), a emissora optou por iniciar uma reprise desde o 1º episódio, dentro do bloco Verão Animado.

Se você esperava por uma continuidade, inédita no Brasil, pode baixar a bola. A própria reprise não deve chegar ao fim, já que a sessão de desenhos (que sempre teve vida útil curta pré-determinada, vide o seu título) deve dar lugar a noticiários no próximo mês de março.

Além disso, novos episódios de Super Onze dependeriam de duas hipóteses: a Televix se mexer para ir atrás do restante e bancar uma cara dublagem, o que ela não fez em anos e dificilmente faria agora; a própria Band negociar direto no Japão, o que é completamente inviável, ainda mais com o orçamento atual da emissora e o retorno quase nulo de uma investida dessas.

B-Daman Crossfire | © 2013 TOMY, d-rights, WBMA, TV Tokyo

Nessa que pode ser sua reta final, o Verão Animado vem exibindo também reprises de Beyblade Burst e B-Daman Crossfire. Esse último iniciou uma 3ª reprise na terça, depois de regressar de onde havia parado no início de fevereiro. Acontece que o anime das bolinhas encapetadas foi resgatado às pressas depois que Doraemon (única atração que não era da Televix, mas sim da Sato Company) foi retirado após um mês de exibição. Completam a grade outros desenhos infantis do catálogo da distribuidora, Rob, o Robô e Pac-Man e as Aventuras Fantasmagóricas.

O Verão Animado é exibido de segunda a sexta de 9h às 11h, com uma edição alternativa aos domingos, ao meio-dia. Os episódios exibidos na TV ficam disponíveis por uma semana também via streaming em uma página no site da Band – acesse aqui.

[Via Programação]

 

Foi longe

A iniciativa de exibir desenhos animados nas manhãs foi uma medida barata de emergência na Band, que vem passando por uma crise pesada. O Verão Animado substituiu duas atrações canceladas da emissora e manteve índices de audiência girando em torno de menos de 1 ponto, registrando décimos a mais com sorte.

No entanto, é sabido que a programação infantil não gera lucro hoje em dia, e não vale a pena para nenhuma emissora. Leis rígidas restringem a publicidade para crianças na TV aberta, e não faz sentido investir em um programa que não dá retorno financeiro nenhum. Os casos do SBT e da TV Cultura são exceções bastante específicas, sendo que o primeiro insiste por conta de uma decisão maior de seu dono (que pode até bancar o prejuízo e entende a manutenção de desenhos animados nas manhãs como forma de fidelizar seu público desde criança).

A surpresa que fica é que, comparado a iniciativas semelhantes, o Verão Animado durou mais que a perspectiva mais otimista. Exibiu três animes completos (dentro de suas possibilidades), sendo dois deles inéditos e mais frescos ao gosto de crianças de hoje (Beyblade Burst é daqueles que dá até pros pequenos encontrarem produtos nas lojas). Melhor até que outras exibições da própria Band no passado.


Sobre Super Onze

Super Onze (Inazuma Eleven) é uma série animada baseada no RPG de futebol desenvolvido pela Level-5 originalmente em 2008, para o Nintendo DS. A história começa nos apresentando Endo, um garoto apaixonado por futebol. Ele é capaz de fazer de tudo para reanimar seus companheiros de time, abatidos e sem muita vontade de jogar. Ao presenciar um chute fantástico do novo aluno da Raimon, sua escola, o garoto fica mais empolgado com a chance de tê-lo no grupo, mas parece que ele abandonou totalmente o esporte por um acontecimento do passado. Ao ser chamado pela mesa diretora, Endo fica sabendo que a escola pretende acabar com o seu time, impondo uma última chance pra que isso não aconteça: o grupo teria que vencer uma partida contra o Instituto Imperial, um dos melhores times da região. A partir daí, o garoto começa uma saga atrás de novos atletas que topem participar do jogo, a fim de completar e salvar o futebol da Raimon.

Com um futebol literalmente “de outro mundo”, essa primeira série de Super Onze durou 127 episódios, exibidos entre 2008 e 2011 na TV japonesa. A animação é do estúdio OLM (o mesmo de Pokémon), com direção de Katsuhito Akiyama (Beyblade Burst).

O anime estreou no Brasil pela RedeTV! em junho de 2010, como parte do bloco TV Kids. Distribuída pela empresa Televix, somente 78 episódios da série foram trazidos ao Ocidente, com dublagem realizada no estúdio Centauro. Parte dos episódios também foi exibida pela Netflix, que chegou a disponibilizar por um tempo também o primeiro filme derivado. 13 episódios foram lançados em um box de DVDs pela Flashstar Home Video.

Uma adaptação em mangá foi publicada pela Editora JBC.