Imagem: Pôster de 'Kimetsu: Kyodai no Kizuna'.

Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba: Episódio especial é sucesso de audiência no Japão

Especial de 130 minutos foi exibido no sábado na Fuji TV.

Um pouco antes do animê estrear no ano passado, episódio especiaç da série foi exibido, Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba: Kyodai no Kizuna (Laços dos Irmãos), com 130 minutos de duração. Trata-se na verdade dos primeiros episódios, que foram inclusive exibidos no cinema antes da estreia do animê. Na boca do lançamento de Mugen Train, a Fuji TV exibiu no último sábado (10) esse especial em sua programação.

Segundo o Video Research, a audiência foi de 16,7% em Kanto (ou seja, estima-se que 16,7% da população da região estava assistindo). O número está acima de outros programas que estavam passando durante a exibição, como 35-sai no Shoujo (Moça de 35 Anos), das 22h às 22h54 no NipponTV, com 11,1%; Saturday Sports, na NHK, com 5,9% das 21h50 às 22h10; ou Shin Jouhou 7 Days Newscaster (programa de notícias e fofocas), das 22h às 23h24 na TBS, com 13,5%.

Na verdade, Kimetsu teve audiência maior que todos os programas do TOP 10 semanal exibidos no sábado. Também foi o animê mais assistido da semana passada, acima de Sazae-san (10,4%), o típico primeiro colocado. Contudo, é um tanto injusto fazer uma comparação por serem séries que vão ao ar em horários diferentes: Sazae-san também passa na Fuji TV aos sábados, às 18h30.

Esse é o mesmo motivo pelo qual é difícil comparar o sucesso de Yashahime, o 5º animê mais assistido da semana (6,6%), com One Piece, o 7º mais assistido (5%): o spin-off de InuYasha é exibido aos sábados às 17h30, enquanto o animê da Toei vai ao ar às 9h aos domingos – ou seja, os programas não competem pelo mesmo público. De qualquer forma, parece inegável o fenômeno popular que é Kimetsu.


Fonte: Video Research


A trama de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba se passa no Japão do período Taisho e apresenta a história de Tanjiro Kamado, um garoto de bom coração que vendia carvão para sobreviver, até o dia que seus pais foram cruelmente assassinados por um demônio, que também amaldiçoou sua irmã mais nova, transformando-a num demônio. Embora devastado com tudo que lhe aconteceu, Tanjiro decide tornar-se um “matador de demônios,” procurando aquele que massacrou sua família, enquanto também tenta encontrar um meio para que sua irmã volte a ser humana novamente.

O mangá de autoria de Koyoharu Gotoge foi publicado na Shonen Jump entre 2016 e 2020, com 22 volumes encadernados até o momento e mais um previsto para sair. A Panini publica o mangá no Brasil. A série foi um fenômeno de vendas em 2019 e já possui mais de 100 milhões de cópias em circulação.

A versão em animê tem produção do estúdio Ufotable, e é exibida oficialmente no Brasil, até agora, via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português. O filme continuando a série estreia em 16 de outubro no Japão.

 

 

Publicidade
close