Tesourinha e a Bruxa: 1º filme 3DCG do estúdio Ghibli estreia no fim de dezembro no Japão

Filme do filho de Hayao Miyazaki estreia direto na TV japonesa.

Saíram novas informações sobre Aya to Majo (Tesourinha e a Bruxa, seguindo a tradução do livro original), o primeiro filme do estúdio Ghibli produzido em 3DCG.  A direção é do filho do renomado Hayao Miyazaki, Goro Miyazaki, diretor de Contos de Terramar. A obra estreia no dia 30 de dezembro na NHK.

Foram divulgados também nomes do elenco: Kokoro Hirasawa é a voz de Aya, Shinobu Terajima é a bruxa Bella Yaga, Etsushi Toyokawa interpreta Mandrake e Gaku Hamada (Tanaka no filme One Piece: Gold) faz o gato Thomas. Com exceção de Gaku, que já participou de um ou outro animê, os atores parecem não trabalhar tanto com dublagem.

Miho Satake, que ilustrou a edição japonesa do livro, fez o desenho de personagens e cenários para o longa. A história adapta o livro de Diana Wynne Jones, lançado originalmente em 2011. A trama conta sobre Earwig (Tesourinha, em português e Aya em japonês), uma menina que vive num orfanato. Um dia, ela é adotada por Bella Yaga e logo descobre que sua mãe adotiva é uma bruxa. Ao invés de se assustar, Earwig decide mostrar quem é que manda na casa.

Essa não é a primeira vez que o Ghibli adapta uma história de Jones. O longa O Castelo Animado (2004) é inspirado no livro Howl’s Moving Castle, publicado pela autora em 1986 (e que ganhará uma nova edição no Brasil).


Fonte: NHK

Publicidade
close