Hunter x Hunter: JBC anuncia reposição do mangá

Ainda sem previsão de retorno da série no Japão, obra de Yoshihiro Togashi terá sua edição impressa novamente disponível.

Na live de nº 20 do chamado JBC Bits na Quarentena, a Editora JBC anunciou o retorno da edição física de Hunter x Hunter. O último lançamento relacionado à série no Brasil, que ocupa nossas prateleiras de forma oficial desde 2008, ficou por conta da versão digital em 2019 (atualmente no 8º volume). Agora, a JBC trará de volta os volumes impressos do mangá desde o começo, prometendo também uma assinatura. Os detalhes da nova edição, no entanto, serão divulgados somente na semana que vem.

Hunter x Hunter é o trabalho mais recente (e um dos mais aclamados) de Yoshihiro Togashi, o célebre criador de Yu Yu Hakusho. Todas as obras de sua autoria lançadas no Brasil vieram por intermédio da JBC – a comédia Level E completa a tríade dos seus mangás que passaram pelas bancas brasileiras.

É sabido entre os que acompanham a série que a história sofre uma série de hiatos desde certa altura de sua publicação nas páginas da Shonen Jump. Atualmente, o mangá se encontra paralisado e teve o último volume (#36) publicado em outubro de 2018, no Japão, e em fevereiro de 2019, no Brasil, ao valor de R$ 17,90. Infelizmente, não há ainda qualquer previsão de lançamento de capítulos inéditos.


Fonte: JBChannel


De autoria de Yoshihiro Togashi (o mesmo de Yu Yu Hakusho), Hunter X Hunter nasceu como mangá nas páginas da revista Shonen Jump (One Piece, My Hero Academia) em 1998, onde ainda é publicado de forma irregular, com grandes espaçamentos entre os lançamentos de novos capítulos. A trama começa centrando no garoto Gon Freecss, que deseja se tornar um “Hunter”, como são chamados os caçadores habilitados para encontrarem tesouros secretos, criaturas estranhas ou outros humanos misteriosos. Ele decide prestar o Exame Hunter, mas com uma motivação maior do que o prestígio e o dinheiro: ele almeja encontrar seu pai desaparecido.

Ganhou a 1ª adaptação animada entre 1999 e 2001, em uma série pelo estúdio Nippon Animation, com direção de Kazuhiro Furuhashi (Dororo, Mobile Suit Gundam Unicorn) e 62 episódios. Em 2002 foi lançado o OVA Hunter x Hunter: Yorkshin City Kanketsu-hen com 8 episódios e a direção de Hiro Kaburagi (Kimi ni Todoke); em 2003 foi a continuação Hunter x Hunter: Greed Island, também com 8 episódios e direção de Toshikatsu Tokoro (The High School Life of a Fudanshi); e finalmente para finalizar as aventurar em Greed Island, em 2004 foi lançado o terceiro OVA Hunter x Hunter: Greed Island Final com 14 episódios e direção de Yukihiro Matsushita (Blue Dragon). Todas esses títulos foram reunidos em sequência para a exibição no Brasil, que aconteceu pelo Animax e pela RedeTV! (parte dos episódios também chegou a ser lançado por aqui em DVD).

Finalmente em 2011 começou a ser exibida uma nova versão animada, encerrada em 2014 com 148 episódios animados pelo estúdio Madhouse (Overlord, Claymore), com direção de Hiroshi Koujina (Neuro: Supernatural Detective). Os episódios foram exibidos no Brasil pela Crunchyroll e Netflix, apenas legendados. Dois filmes derivados dessa nova série chegaram ao Brasil por intermédio da Sato Company, ganhando versão dublada para a exibição nos canais Telecine.

Aqui no Brasil o mangá  original começou a ser publicado em formato físico pela Editora JBC em janeiro de 2008 e atualmente está na sua 36ª edição, lançada em fevereiro. Também está disponível em edição digital nas principais lojas.

Publicidade
close