Loading: ‘Astro Boy’ deve ser exibido nas manhãs de domingo

Série provavelmente é um dos produtos da parceria do canal com a Sony.

Ainda organizando a casa em sua primeira semana de transmissão, aos poucos a Loading vai encaixando os programas frutos das muitas parcerias já anunciadas (com Sony, Hasbro, Crunchyroll e Funimation) em sua  grade de programação.

Da parceria com a Sony, já foi ao ar na terça-feira (8) o animê do Homem de Ferro (que segue em exibição diária no bloco diário de animações, por volta de 9h15) e, para o próximo domingo, segundo o guia disponível no serviço da Claro TV, está programado o regresso de Astro Boy – muito provavelmente o remake produzido em 2003 – às 8h30 da manhã. A série foi exibida por aqui pelo Cartoon Network e também pela Globo dentro de sua extinta TV Globinho (sendo um dos poucos animês exibidos por completo).

Apesar de não haver uma divulgação dos conteúdos que apresentará com a parceria, não fiquem surpresos se outros animês da Marvel (como Blade, X-Men, Wolverine e outros, alguns lançados em home vídeo por aqui e disponíveis em outros serviços de streaming) e até mesmo longas como Tokyo Godfathers, Metropolis e Steamboy (todos distribuídos pela Sony em home vídeo por aqui) aparecerem em algum momento no canal.

Como ainda está se “acertando”, a grade da Loading está sujeita a alterações. Na madrugada de terça para quarta, por exemplo, estava prevista a exibição de animês da Crunchyroll, mas houve a veiculação de reprises de The Lost Canvas e Cardcaptor Sakura. A emissora está disponível em sinal UHF substituindo a Ideal TV, mesmo canal que pertenceu à antiga MTV Brasil. A exibição também acontece em alguns serviços de TV por assinatura e online pelo próprio site da Loading. Confira onde sintonizar pela TV na sua região aqui.


Fonte: Programação Claro TV


Um dos maiores clássicos da animação japonesa, Tetsuwan Atom, ou Astro Boy, como conhecemos do lado de cá, é uma criação do “deus do mangá” Osamu Tezuka, que publicou o mangá original entre abril de 1952 e março de 1963.

A primeira série animada, datada de 1963 e inédita por aqui, é considerada o primeiro animê no formato de programa comercial de meia hora para TV. No Brasil, assistimos pela Record nos anos 1980, O Menino Biônico (Jetter Mars), uma “versão genérica” do Astro, criada pelo próprio Tezuka junto à Toei Animation. Em 2003, tivemos um remake do herói original, que passou aqui pelo Cartoon Network e pela Rede Globo, além de ter sido lançado completo em DVD e exibido pelo streaming do Crackle.

Em 2007, três volumes de um mangá de AstroBoy foram lançados no Brasil pela Panini. O mangá em questão é uma releitura de Akira Himekawa, portanto a obra original de Tezuka continua inédita. Em 2012, um especial da Turma da Mônica Jovem reuniu figuras como Kimba, o próprio AstroBoy e a Princesa Safiri (de A Princesa e O Cavaleiro) com Mônica, Cebolinha e os demais em uma história ecológica. Novos crossovers surgiram anos depois nos quadrinhos.

Publicidade
close