Tanjiro e Nezuko de 'Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba'.

Último volume de ‘Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba’ bate recorde de vendas na 1ª semana

Mangá foi lançado no dia 4, sendo a melhor estreia de um volume desde o início das medições da Oricon.

Seguindo o sucesso de vendas, o 23º volume de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba vendeu 2,855 milhões de cópias na semana de 30 de novembro a 6 de dezembro, sendo a melhor estreia de um mangá em primeira semana na história dos rankings da Oricon, existente desde 2008 (importante notar que o volume foi lançado no dia 4).

A série também chegou a um total de 102,8 milhões de cópias, sendo a segunda a vender mais de 100 milhões segundo a Oricon. A primeira a chegar nesse número foi One Piece em 2012 – mas, vale frisar, One Piece já tinha quase 10 anos de publicação quando a Oricon começou a medir vendas.

Lançado também no dia 4, o gaiden de Kimetsu teve um total de 859 mil unidades vendidas, sendo o segundo colocado. Além disso, um bundle com o 23º volume e uma figure ficou em terceiro lugar, com 560 mil cópias vendidas. Ou seja, a série não só bateu recordes como também dominou os primeiros colocados da semana.


Fonte: Oricon


A trama de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba se passa no Japão do período Taisho e apresenta a história de Tanjiro Kamado, um garoto de bom coração que vendia carvão para sobreviver, até o dia que seus pais foram cruelmente assassinados por um demônio, que também amaldiçoou sua irmã mais nova, transformando-a num demônio. Embora devastado com tudo que lhe aconteceu, Tanjiro decide tornar-se um “matador de demônios,” procurando aquele que massacrou sua família, enquanto também tenta encontrar um meio para que sua irmã volte a ser humana novamente.

O mangá de autoria de Koyoharu Gotoge foi publicado na Shonen Jump entre 2016 e 2020, rendendo 23 volumes encadernados no total. A Panini publica o mangá no Brasil. A série foi um fenômeno de vendas em 2019 e já possui mais de 100 milhões de cópias em circulação.

A versão em animê tem produção do estúdio Ufotable, e é exibida oficialmente no Brasil via streaming pela Crunchyroll e pela Funimation, com legendas em português.

O filme continuando a série estreou em 16 de outubro no Japão e segue com bilheteria recorde, mas talvez Gotoge não aproveite tanto.

 

Publicidade
close