Imagem: Pedaço do volume 7 de 'Jujutsu Kaisen'.

‘Jujutsu’, ‘We Never Learn’ e ‘Beastars’ ganham nova periodicidade pela Panini

Mudança pode indicar nova tendência para coleções com grande quantidade de volumes.

A Loja Panini abriu, nesta semana, a pré-venda de alguns de seus encadernados de julho e agosto. O que chamou a atenção na lista, na verdade, foi a alteração da periodicidade de Jujutsu KaisenWe Never LearnBeastars, que passarão a ser publicados de maneira mensal a partir do mês sete, segundo informação revelada pela própria editora ao blog Lacradores Desintoxicados.

Sendo assim, Jujutsu #7 chega em julho, apenas 1 mês depois da publicação do volume 6, previsto para junho. We Never Learn #6 também será lançado em julho, com a 5ª edição já agendada para o mês seis. Beastars, por sua vez, começa a circular em nova periodicidade em agosto, com o 16º tomo (o 14º, de maio, está em pré-venda, e o 15º será lançado em julho). Os três títulos eram bimestrais.

Imagem: Capa de Beastar Volume 16.
Divulgação: Akita Shoten.

Cabe ressaltar que o mangá de Taishi Tsutsui foi concluído com 21 volumes, no Japão, enquanto shounen de Paru Itagaki se encerrou no 22º encadernado. Quanto ao fenômeno de Gege Akutami, a série está em andamento nas páginas da Shonen Jump e já rendeu, até agora, 15 volumes.

Atualmente, títulos como Demon SlayerNaruto Gold Golden Kamuy já são publicadas de forma mensal, assim como Vinland Saga Deluxe, Food Wars e Yuuna e a Pensão Assombrada.

A alteração em JujutsuBeastars We Never Learn pode indicar um retorno da Panini à prática da periodicidade mensal para títulos mais extensos, o que era a tônica há alguns anos, e os lançamentos de obras recentes seguindo esse modelo também parecem apontar para isso — com Kaguya-sama, que já tem seus 22 tomos no Japão, e Hanako-kun, com 15 volumes já publicados lá fora, sendo publicados mensalmente.


Fonte: Loja Panini e Lacradores Desintoxicados.

Publicidade
close