Imagem: PlayStation 5 branco.

PlayStation 5 deve continuar com falta de estoque em 2022

Demanda tem sido muito maior que a capacidade produtiva do conglomerado japonês.

Segundo averiguado pela Bloomberg, a Sony avisou a um grupo de analistas que o PlayStation 5 seguiria com falta de estoque em 2022 – a empresa deve seguir com dificuldades de impulsionar a metas de venda para o novo console.

Em abril, a empresa anunciou já ter vendido mundialmente 7,8 milhões de unidades do novo aparelho desde seu lançamento, em novembro de 2020, até 31 de março de 2021 – o número de fevereiro era de 4,5 milhões então o crescimento é bem expressivo, mesmo com a falta do produto em diversas lojas.

A meta da Sony é vender quase 15 milhões de unidades entre abril de 2021 e março de 2022, tentando fazer o console ter sucesso próximo ao do PS4. Mas a empresa admitiu aos analistas a dificuldade em atender à alta demanda.

Parte disso não é culpa direta dela, e sim do fornecimento geral de materiais, como semicondutores. Mas, por outro lado, a Sony vem tentando “forçar” uma migração para o novo console de forma mais rápida, e isso pode ser sentido com mais força em alguns lugares: no Japão, agora só há um modelo de PS4 sendo produzido. Ou seja, a alta procura também é, em parte, uma consequência das ações da empresa.

De qualquer modo, com a demanda alta e aparentemente nenhuma previsão de normalização no fornecimento, o conglomerado assume ser difícil produzir o suficiente para atender ao público, considerando a capacidade atual de produção e, pelo visto, isso vai se estender para 2022.

Apesar da “novidade” ser dada em uma reunião, a empresa preferiu não comentar quando questionada pela Bloomberg.


Fonte: Bloomberg

Publicidade
close