Imagem: Link em 'A Link to the Past' de Shotaro Ishinomori.

‘Zelda: A Link to the Past’ de Shotaro Ishinomori é o novo mangá da Panini

Mais um mangá de ‘Zelda’ chegando ao Brasil ainda em agosto!

Em live com o Mangás Brasil, a Panini anunciou hoje (12) a publicação de um mangá de The Legend of Zelda: A Link to the Past, adaptando o jogo originalmente lançado em 1991 para Super Famicom e em 1992 para o Super Nintendo.

O game inspirou algumas adaptações em mangá, a que vem para cá agora é um versã feita pelo renomado Shotaro Ishinomori (1938-1998), sem seguir a trama de modo fiel, então quem já conhece a história vai se deparar com novidades.

A história foi originalmente seriada na revista americana Nintendo Power, de janeiro a dezembro de 1992, contendo 12 capítulos. A Shogakukan traduziu e publicou a obra no Japão em 1993, em leitura da direita para a esquerda, o chamado “padrão ocidental”. A publicação nacional será totalmente colorida em volume único e capa cartão, chegando ao preço de R$39,90. O lançamento está previsto para agosto de 2021.

Uma outra versão, da dupla Akira Himekawa, já foi lançada no Brasil pela mesma editora no ano passado, em um encadernado contendo também a adaptação de Majora’s Mask. Esse mangá saiu em 2005 para promover a versão do game para Game Boy Advance, The Legend of Zelda: A Link to the Past & Four Swords.

A trama de A Link to the Past começa quando Link é chamado pela princesa Zelda, no meio da noite, para resgatá-la de um calabouço no castelo de Hyrule. O feiticeiro Agahnim pretende libertar o poder de Ganon e para impedí-lo, Link deve obter a Master Sword e salvar Zelda e os descendentes dos sete sábios.

O jogo foi o 3º título da franquia Zelda, introduzindo alguns elementos que perduram até hoje, como a Master Sword, a língua Hylian, o castelo de Hyrule, a vila Kakariko e os galos/galinhas assassinos.


Fonte: Mangás Brasil

Publicidade
close