Imagem: Nintendo Switch ligado na eShop (americana).

Nintendo pode mudar projeção de vendas do Switch por escassez de material

Não é só a Sony que passa por problemas para atender demandas…

A Nintendo planeja vender 25,5 milhões de unidades de Nintendo Switch entre abril deste ano e março de 2022, mas esses planos podem ser afetados pela crise de semicondutores – talvez mais conhecida pelos seus impactos na falta de estoque do PS5.

Em uma postagem recente, o atual presidente da empresa, Shuntaro Furukawa, anunciou que essa projeção depende da disponibilidade de insumos e agora os planos para o Switch ficam “mais incertos” em relação ao ano passado. O console atualmente é o 5º mais vendido de toda a História da empresa.

Segundo ele, a demanda pelo Switch tem sido maior que a capacidade de produção juntamente por falta de materiais, especialmente os semicondutores. Mesmo assim, garantiu o empenho em produzir o máximo possível, mesmo com maiores incertezas no momento.

A Nintendo está trabalhando para fazer o Switch ultrapassar as vendas do Wii, e assim se tornar o console de mesa mais vendido da empresa (dos consoles gerais, o DS é o primeiro colocado). Contudo, também estão aumentando as despesas em pesquisa e desenvolvimento – talvez de olho na próxima geração.


Fonte: Gamesindustry.biz

Publicidade
close