Imagem: Protagonistas de 'Tokyo Revengers', 'Re:Zero' e 'The Rising of the Shield Hero'.

‘Tokyo Revengers’, ‘Shield Hero’ e mais dublagens estreiam a partir de maio na Crunchyroll

Crunchyroll revela data de estreia das dublagens de ‘Tokyo Revengers’, ‘Re:Zero’, ‘Shield Hero’, ’86 EIGHTY SIX’, ‘To Your Eternity’ e mais!

A Crunchyroll anunciou hoje (25) a data de estreia das dublagens anunciadas para essa temporada. Confira:

  • 29 de maio: Tokyo Revengers, Killing Slimes;
  • 31 de maio: To Your Eternity;
  • 19 de junho: 86 – EIGHTY SIX;
  • 21 de julho: Re:Zero Temporada 2 (parte 1);
  • 4 de agosto: Re:Zero Temporada 2 (parte 2);
  • 18 de agosto: That Time I Got Reincarnated as a Slime;
  • 25 de agosto: OVA de Slime;
  • Agosto: Shield Hero.

86 EIGHTY SIX

Imagem: Lena e Shinei.

O animê do estúdio A-1 Pictures foi confirmado pelo streaming no começo de abril, e está disponível com exclusividade na plataforma. A direção é de Toshimasa Ishii (dirigiu o episódio 6 de Promised Neverland). A dublagem foi confirmada ainda no meio de abril.

A animação adapta a novel de Asato Asato, com ilustrações por Shirabi, ainda em andamento com 9 volumes. Ambientada na fictícia República de San Magnolia, a trama traz uma guerra com o Império de Giad, em curso há 9 anos. A batalha, no entanto, é feita apenas por máquinas, Juggernauts, controladas remotamente.

Ou, ao menos, é nisso que acreditam os cidadãos dos 85 distritos do país, alheios à existência do distrito 86, um lugar onde ficam os combatentes humanos da guerra. Esses combatentes fazem parte dos colorata, uma minoria étnica perseguida pelo governo racista da etnia alba e forçada a lutar na guerra.

A Major Vladilena “Lena” Mirizé, uma alba, é designada para comandar uma unidade de veteranos do 86. Ao se aproximar de seus subordinados, Lena passa a simpatizar com a causa deles, além de descobrir que essa guerra não é bem o que parece.

  • João Capelli como Shinei Nouzen;
  • Hannah Buttel como Vladilena;
  • Duio Botta como Raiden Shuga.

Killing Slimes

Suraimu Taoshite Sanbyaku-nen, Shiranai Uchi ni Reberu Makkusu ni Nattemashita

Imagem: Protagonista de 'I've Been Killing Slimes'.

A série de novels começou a ser publicada por Kisetsu Morita de forma independente no site Shousetsuka ni Narou em 2016, ganhando uma versão pela SB Creative, com ilustrações de Benrio, já em 2017, com 14 volumes até o momento. O estúdio Revoroot está responsável pela animação.

Com uma rotina extremamente exaustiva, Azusa acaba morrendo de tanto trabalhar. Quando ela percebe ter reencarnado como uma bruxa imortal e eternamente jovem, resolve passar os dias numa boa, evitando qualquer estresse. Por isso, neste novo mundo, ela caça os inimigos mais fracos: as gosmas! Mas, como um ser imortal, depois de fazer isso por tanto tempo, ela adquiriu poderes incríveis. Será que ainda tem como manter a discrição?

No elenco, temos:

  • Mariana Alexandre como Azusa;
  • Raphaela Santoro como Laika;
  • Isabella Simi como Halkara.

Re:ZERO

Re:ZERO − Starting Life in Another World − (Re:Zero kara Hajimeru Isekai Seikatsu, no original) é originalmente uma série de light novels de Tappei Nagatsuki, seriada desde 2012, com 25 volumes publicados da história principal, além de diversos extras. A obra ainda rendeu adaptações em mangá e animê (produzido em 2016 pelo estúdio White Fox, que segue nessa 2ª temporada).

No Brasil, a NewPOP publica a série original e também já lançou um robusto artbook em um box incluindo livros extras. Outra editora, a Panini, é responsável por publicar o mangá e a Crunchyroll possui todos os episódios e o spin-off Re:ZERO − Starting Life in Another World − SHORTS disponíveis em sua plataforma. Na TV, a Rede Brasil e a extinta PlayTV já exibiram o animê em parceria com a Crunchyroll.

A história apresenta Subaru Natsuki, um jovem que um dia, repentinamente, é enviado para outro mundo, onde conhece uma meia-elfa de cabelos prateados. Lá, ele e sua “companheira” acabam sendo assassinados, mas Subaru descobre ter poderes que lhe permitem voltar à vida e, assim, ter a chance de refazer os eventos. E então começa sua jornada neste novo mundo…

No elenco temos:

  • Pedro Crispim como Subaru;
  • Lina Mendes como Emília;
  • Erika Menezes como Ram.

Shield Hero

Tate no Yuusha no Nariagari

Imagem: Raphtalia e Naofumi em 'Tate no Yuusha no Nariagari'.

O animê adapta a novel de Aneko Yusagi, inicialmente publicada na plataforma online Shosetsuka ni Narou (“Vamos Virar Escritores”, em tradução livre), ganhando versão impressa pela Media Factory, com ilustrações de Seira Minami e 22 volumes publicados até o momento. A animação é produzida pelo estúdio Kinema Citrus (Made in Abyss), com coprodução da Crunchyroll.

Na trama, Iwatani Naofumi vai parar mundo paralelo, invocado como um quatro heróis lendários (espada, arco, lança e escudo). Nomeado como o Herói do Escudo, ele começa metido em uma controvérsia, sendo acusado injustamente de estupro, em uma das piores escolhas narrativas da série.

Jurando se vingar de quem havia o traído e prometendo não confiar em mais ninguém, Naofumi decide comprar uma pequena escrava arredia e traumatizada – outra péssima escolha narrativa – mas juntos, eles vão mudar um ao outro. Temos uma crítica dos 12 primeiros episódios da série aqui.

No elenco, temos:

  • Renan Alonso como Naofumi;
  • Raissa Bueno como Raphtalia;
  • Amanda Trevas como Filo.

Reincarnated as a Slime

Tensei Shitara Suraimu Datta Ken

That Time I Got Reincarnated as a Slime é um dos isekais (como são chamadas as histórias de personagens que vivem aventuras presos em uma “dimensão paralela”) mais populares da atualidade. Surgiu como essa série independe de light novel em 2013, até ser licenciada pela Micro Magazine, que publica a obra no Japão desde 2014 – no Brasil, ainda é inédita de forma oficial.

Em 2015, o título foi adaptado em um mangá, que é publicado no Brasil pela JBC. Com ilustrações de Taiki Kawakami, os quadrinhos somam atualmente 16 volumes que reúnem os capítulos publicados originalmente pela revista Monthly Shonen Sirius.

Conquistando pelo nonsense de sua premissa, ‘Slime‘ conta a história de Satoru Mikami, um pacato funcionário de escritório de 37 anos que um dia é esfaqueado até a morte em plenas ruas de Tóquio. Enquanto agoniza, Satoru faz alguns pedidos e acaba reencarnado como um slime (aquela geleca gosmenta) em um mundo alternativo. Nessa nova realidade, ele assume o nome de Rimuru e possui o poder de absorver a habilidade das criaturas que devora.

A história se tornou mais popular a partir de outubro de 2018, quando estreou a série animada produzida pelo estúdio Eight Bit (de Infinite Stratos). Todos os episódios estão disponíveis oficialmente no Brasil através da plataforma de streaming da Crunchyroll.

No elenco:

  • Bruna Nogueira como Rimuru Tempest;
  • Luiz Carlos Persy como Rigurd;
  • Benimaru como Raphael Rossato.

Tokyo Revengers

Imagem: Takemichi Hanagaki tomando uma em 'Tokyo Revengers'.

A animação do estúdio Liden Films adapta o mangá de Ken Wakui, em publicação na Shonen Magazine (Kodansha) desde 2017, com 21 volumes encadernados até o momento. A série ganhou o Manga Awards da Kodansha na categoria shounen no ano passado.

A trama gira em torno de Takemichi Hanagaki, cuja vida não anda nada bem. Para piorar tudo, sua ex, Hinata Tachibana, é assassinada por uma gangue criminosa altamente perigosa. No meio dessa bagunça, o jovem acaba viajando para o passado, 12 anos antes dos eventos que vivia, quando ainda namorava a garota. Então, ele decide se infiltrar na gangue para salvar Hinata.

No elenco brasileiro temos:

  • Luiz Sérgio Vieira como Takemichi Hanagaki;
  • Cadu Paschoal como Mikey;
  • Bruno Linhares como Draken;

Uma Vida Imortal

To Your Eternity; Fumestu no Anata e

Imagem: Fushi, o protagonista do animê 'To Your Eternity'.

Uma Vida Imortal é um mangá de Yoshitoki Ouima, autora de A Voz do Silêncio, publicado na Shonen Magazine semanal (editora Kodansha) desde 2016, com 14 volumes compilados até o momento. A editora NewPOP publica o mangá no Brasil.

A trama traz o imortal Fushi, cujo propósito de vida é ganhar conhecimento. Conforme a trama avança, esse ser toma a forma de um lobo e, posteriormente, de um garoto abandonado. A adaptação é do estúdio Brain’s Base.

Na dublagem brasileiro, Rodrigo Ribeiro interpreta Fushi.


Fonte: Release de imprensa.

Publicidade
close