Imagem: Yuji, protagonista de 'Jujutsu Kaisen'.

Jujutsu Kaisen: Mangá entra em hiato indefinido

Pausa seria devido à saúde do autor Gege Akutami.

Segundo o perfil de fãs Shonen Jump News, especializado em trazer vazamentos da Shonen Jump, Jujutsu Kaisen entrará em hiato por tempo indefinido após a edição da semana que vem, devido à saúde do autor, Gege Akutami. A previsão é um mês de pausa, mas não foi dada uma janela exata.

O autor já teve um problema de saúde recentemente. No começo de maio, o mangá teve pausa de uma semana. Akutami disse ter “cometido o erro de ficar doente nas férias” na edição seguinte. Ele também prometeu não entregar rascunhos como versão final – isso ocorreu mesmo em um capítulo recente.

Aparentemente, não há informações mais detalhadas sobre a saúde do autor, mas é bem raro divulgarem esses detalhes. Vale lembrar, no entanto, que a revista ainda não foi publicada e ela pode trazer mais explicações que os vazamentos.

O ritmo de trabalho de mangakás geralmente é bastante exaustivo e é comum diversos autores desenvolverem problemas de saúde ao longo de suas carreiras. Recentemente, Kentaro Miura, autor de Berserk, faleceu por uma dissecção aguda da aorta, geralmente relacionada à alta pressão arterial, que pode surgir como fruto de estresse.

Jujutsu tem crescido em vendas no Japão, embora agora de forma um pouco menos acelerada comparado ao início do ano. No pico de crescimento, em janeiro, a obra chegou a colocar mias 5 milhões de cópias nas lojas em um intervalo de 15 dias – agora, leva pouco mais de um mês, embora o número ainda seja extremamente expressivo e siga mais intenso que o crescimento entre setembro e dezembro.

Imagem: Gráfico comparando as vendas de 'Jujutsu Kaisen' desde outubro (8,5 milhões) até 31 de maio (50 milhões).
Legenda: Gráfico comparativo das vendas de ‘Jujutsu Kaisen’ em milhões.

Com todo esse sucesso, um filme da série foi anunciado no Japão, trazendo a trama do volume 0. Geke Akutami, autor do mangá, já informou pretender concluí-lo em 2 anos.

Leia nossa crítica do animê e também do primeiro volume do mangá.

ATUALIZAÇÃO:

O perfil oficial da Shonen Jump confirmou o hiato da série antes do lançamento da revista.

Atualizado às 11h42 do dia 10 de junho de 2021.

Fonte: Shonen Jump News


Jujutsu Kaisen

Imagem: Yuji e outros personagens de 'Jujutsu Kaisen'.

A obra de Gege Akutami é seriada na Shonen Jump, da editora Shueisha, desde 2018, com 16 volumes encadernados até o momento (além do Volume 0). O mangá tem publicação pela Panini no Brasil, que já publicou 4 tomos até então.

A série inspirou uma animação produzida pelo estúdio Mappa – a primeira temporada estreou em outubro de 2020 e se encerrou em no dia 27 de março, com 24 episódios. A Crunchyroll possui o animê nas versões dublada e com legendas na plataforma.

Na história, Yuji Itadori é um estudante do colegial que vive com seu avô, em Sendai. Apesar do seu talento inato para o esporte, ele evita a equipe de atletismo e decide ingressar no Clube de Pesquisa Oculta, no qual pode relaxar, sair com seus amigos mais velhos e visitar regularmente seu avô no hospital.

Yuji logo descobre, entretanto, que o ocultismo é tão real quanto parece e, após receber mensagens misteriosas do seu avô, no leito de morte, é confrontado pelo feiticeiro Megumi Fushiguro, que o informa que há um talismã amaldiçoado de alta qualidade em sua escola (com o qual Yuji fez contato recentemente).

Publicidade
close