Imagem: Garota de cabelos laranja de 'Higurashi'.

Higurashi: Produção do animê vai tomar ações legais contra vazamentos

Contas no Twitter divulgaram spoilers de episódios ainda inéditos. Perfil oficial alega não ter envolvimento da produção no vazamento.

A conta oficial de Higurashi: SOTSU soltou uma nota informando ter tomado conhecimento de vazamentos com o conteúdo de episódios, divulgados antes da exibição. Eles pedem desculpas aos fãs pelo inconveniente e informam que tomaram medidas legais contra o vazamento.

Essas informações foram (e ainda são) postadas marjoritariamente no Twitter e, provavelmente, a produção tomará medidas para banir as contas responsáveis (ou pelo menos algumas delas).

SOTSU dá sequência a Higurashi: When They Cry – New (ou Higurashi no Naku Koro ni – Gou), exibida do dia 1º de outubro até 19 de março nas TVs japonesas, com simulcast pela Funimation nos EUA.

Aqui no Brasil, a série começou a sair um pouco depois pois o serviço só chegou em novembro, mas não demorou muito para confirmar a vinda do título. O streaming também exibe a nova fase, que estreou em julho.

A série segue no estúdio Passione, com direção de Keiichiro Kawaguchi. Ryukishio7 e 07th Expansion são creditados pelo trabalho original.

As animações se inspiram na visual novel vendida em 2002 na Comiket, desenvolvida por 07th Expansion. A trama aborda assassinatos coincidindo com um festival anual em um pequeno vilarejo. O primeiro animê de Higurashi foi ao ar em 2006, com uma segunda série, Kai (ou Solutions), chegando em 2007.

Publicidade


Fonte: Higurashi

Publicidade
close