Imagem: Bakugo, Deku e Todoroki em pôster do 3º filme de 'Boku no Hero'.

My Hero Academia: Mulheres são mais de 70% do público do 3º filme

‘My Hero Academia: World Heroes’ Mission’ está faturando bem acima que o antecessor, tendo um público majoritariamente feminino.

Segundo o Cinema Today, o público do filme mais recente de My Hero Academia, intitulado My Hero Academia: World Heroes’ Mission, é formado majoritariamente por mulheres. 76,5% da audiência é do gênero feminino. A maioria do público também é jovem, com na faixa dos 20-29 anos.

O longa foi anunciado no final do ano passado, apesar do próprio autor ter dito anteriormente que o segundo filme seria o último. Ele estreou no Japão em 6 de agosto, com quase o dobro do faturamento de seu antecessor nos primeiros dias.

O longa ganhou também uma versão em mangá, escrita pelo autor da série, Kohei Horikoshi.

As duas produções anteriores vieram ao Brasil por meio da Sato Company. O primeiro foi exibido nos cinemas em 2019, mas o segundo saiu direto em plataformas digitais devido à pandemia, tendo mais recentemente passagem pela TV.

A Funimation e a Crunchyroll exibem a temporada atual e anterior com legendas, mas a primeira possui a série completa trazendo também opção dublada.

Publicidade


Fonte: Cinema Today


My Hero Academia

Boku no Hero Academia

A trama de My Hero Academia (Boku no Hero Academia) acompanha a história de Izuku Midoriya, um garoto comum que nasceu sem habilidades especiais num mundo que é natural possuir algum tipo de poder.

Almejando se tornar um grande herói e com o compromisso de suceder seu maior ídolo, o herói profissional All Might, Midoriya ingressa no famoso Colégio U.A. e junto de outros alunos, ele inicia seu treinamento de herói enquanto enfrenta uma organização maligna formada pelos criminosos mais perigosos, a Liga dos Vilões. A obra está agora na reta final.

O mangá de autoria de Kohei Horikoshi é publicado no Japão desde julho de 2014, com 31 volumes disponíveis até o momento. No Brasil, o título sai pela Editora JBC, que também trouxe os 5 volumes do spin-off de humor My Hero Academia Smash!! e o mangá Vigilante: My Hero Academia Illegals.

A versão em animê tem produção do estúdio Bones (Fullmetal Alchemist) e as quatro temporadas da série foram exibidas oficialmente no Brasil via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português, mas atualmente apenas a 4ª está por lá. Com dublagem, o animê é exibido na FunimationA 5ª temporada estreia em abril de 2021.

O primeiro filme da série, ‘2 Heróis’, foi exibido nos cinemas brasileiros no ano passado e está disponível em plataformas digitais como NOW, Google Play, iTunes, YouTube Filmes e Vivo Play, além do Telecine Play. O 2º filme, ‘Ascensão dos Heróis’, foi lançado diretamente nas plataformas digitais.

Publicidade
close