Imagem: Luffy em meio à cerejeiras.

One Piece: 1º episódio de série live-action é intitulado ‘Romance Dawn’

Showrunner e produtor executivo da série da Netflix assinam roteiro de episódio com mesmo nome do “protótipo” do mangá.

A conta no Twitter da Netflix Geeked divulgou hoje (03) uma imagem do roteiro do primeiro episódio de série live-action de One Piece. Confira abaixo:

Imagem: Capa do roteiro de 'Romance Dawn', o primeiro episódio do live-action de 'One Piece'.
Reprodução: Netflix Geeked

O primeiro episódio, intitulado Romance Dawn, tem roteiro de Matt Owens e Steven Maeda. Além de roteirista, Steven Maeda é produtor executivo e showrunner da série. Ele tem em seu currículo as séries Arquivo X (do período de 2000-2002) e Lost, nas quais atuou como produtor e roteirista.

Já Matt Owens escreveu episódios das séries Agentes da S.H.I.E.L.D., Luke Cage e Os Defensores. Ele também é produtor executivo da série. Portanto, a dupla deve assinar mais episódios.

Considerado como um “protótipo” de One PieceRomance Dawn é um mangá de dois capítulos, narrando duas histórias distintas. Ambas incluíam o jovem pirata Monkey D. Luffy como protagonista, no entanto, cada um era muito diferente do outro. As duas histórias foram publicadas na revista semanal Shonen Jump, em sua 41ª edição de 1996. Mas esse também é o título do primeiro capítulo do mangá.

Posteriormente, esta e outras oneshots foram compiladas em Wanted!, uma coletânea lançada em novembro de 1998 (já publicada no Brasil pela Panini). A versão do mangá de Romance Dawn publicada no data book One Piece Red recebeu uma adaptação para animê em 2008. Já a original só foi aparecer na telinha em 2019, em comemoração aos 20 anos do animê.

Também é possível ver em mais detalhes na imagem no tweet acima o logo da série, baseado no do mangá. Também não há data de estreia ou elenco anunciados.


Fonte: Netflix Geeked


Nota: O JBox faz parte do programa de afiliados da Amazon e pode ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site.


One Piece é uma obra de autoria de Eiichiro Oda. O mangá original começou a ser publicado na revista Shonen Jump em julho de 1997 e tornou-se um fenômeno mundial. Na história, acompanhamos as aventuras do pirata Monkey D. Luffy e de sua tripulação, os Chapéus de Palha, que navegam o mundo à procura do “One Piece”, o tesouro perdido do antigo Rei dos Piratas, Gol D. Roger, enquanto enfrentam diversos piratas e o Governo Mundial.

No Brasil, o mangá foi publicado pela primeira vez no formato “meio-tanko” pela Conrad Editora, que interrompeu a publicação na 70° edição (correspondente à 2ª parte do volume 35 no original japonês). Em 2012, a série foi relançada pela Editora Panini, seguindo o formato original japonês, e conta atualmente com 98 volumes encadernados lançados (no Japão são 100 atualmente). A versão em animê é produzida pelo estúdio Toei Animation (Dragon Ball Z) e exibida oficialmente via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português, e na Netflix, com opção dublada.

Publicidade
close