Imagem: Shinji Ikari sorrindo em 'Shinkalion'.

‘Shinkalion’ faz novo crossover com ‘Neon Genesis Evangelion’

Essa é a terceira vez que ‘Evangelion’ colabora com o animê de trens-bala que se transformam em robôs gigantes.

No dia 17 de setembro, o animê Shinkansen Henkei Robo Shinkalion Z (Shinkalion, o Trem-bala Transformado em Robô, em tradução livre), a nova temporada de Shinkalion, em exibição desde abril no Japão, terá a participação especial de personagens de Neon Genesis Evangelion, como Shinji Ikari e o 500 TYPE EVA.

Essa é a terceira vez que Eva dá as caras por lá. A primeira colaboração ocorreu no episódio 31 de Shinkansen Henkei Robo Shinkalion (2018-2019), já a segunda veio no filme lançado ao final de 2019. A série é conhecida, no entanto, justamente pelos crossover.

Além de Shinji e sua turma, Hatsune Miku, Hello Kitty e até o Godzilla já apareceram por lá.

Confira um trailer do animê:

Shinkalion é originalmente uma linha de brinquedos e bonecos criada pela Takara Tomy em conjunto com a Japan Railways (JR), a maior companhia de trens do Japão. A animação é produzida pelo estúdio OLM (Pokémon), com o SMDE responsáve pelo CG. A primeira temporada, de 76 episódios, foi exibida de janeiro de 2018 a junho de 2019.

A trama de mecha traz crianças – e por vezes esses personagens especiais –, pilotando Shinkalions, trens-bala (shinkansen) transformados em robôs gigantes. A primeira temporada tem Hayato Hayasugi como protagonista, mas a nova traz Shin Arata e Abuto Usui como personagens principais.

Mas esses collabs ousados têm seus preços e, provavelmente, dificultam o licenciamento da série. Seja por isso ou por pensarem não haver muito espaço para Shinkalion, a animação sequer é licenciada para os EUA, muito menos por aqui.


Fonte: Shinkalion


Neon Genesis Evagenlion

Shin Seiki Evangerion

Com 26 episódios produzidos pelo estúdio GAINAX, a série Neon Genesis Evangelion (Shin Seiki Evangelion) foi ao ar no Japão entre 1995 e 1996, adquirindo uma fama gigantesca por ter um “tom” bem diferente dos animês exibidos até então, sendo um marco naquela década e influenciando diversas obras.

Em 1997, foi lançado no Japão o filme Death & Rebirthque recapitula os 24 primeiros episódios em sua 1ª parte, seguindo com uma sequência de animação inédita em sua segunda parte. Essa segunda parte virou a primeira parte de outro filme, The End of Evangelion, também lançado no Japão em 1997, sendo um final alternativo à série de TV (saiba mais aqui).

Dirigida por Hideaki Anno, a trama pós-apocalíptica de Evangelion foca no personagem Shinji Ikari, um adolescente recrutado por seu próprio pai para ser o piloto de um EVA – um bio-robô gigante. Os EVAs, controlados pela organização NERV, são sempre movidos por adolescentes, como forma de combater ameaças alienígenas conhecidas como Angels, a fim de impedir outra catástrofe como a ocorrida na Terra há 15 anos, evento conhecido como o Segundo Impacto.

O animê estreou no Brasil em 1999 pelo extinto canal Locomotion, sendo reprisado anos mais tarde pelo também extinto Animax, com uma redublagem pela Álamo mantendo boa parte do elenco original. Atualmente, com uma 3ª dublagem (saiba mais aqui), está disponível pela Netflix.

Um mangá, produzido originalmente em paralelo com a animação, teve publicação iniciada pela Conrad e finalizada pela Editora JBC (com direito a lançamento simultâneo do último volume juntamente com o Japão).

Publicidade
close