Imagem: Luffy em 'One Piece'.

One Piece: Volume 100 já vendeu 1 milhão de cópias

Segundo a Oricon, volume lançado no dia 3 de setembro já ganhou seu primeiro milhão.

Segundo a Oricon, o volume mais recente de One Piece, o #100, lançado no dia 3 de setembro, já vendeu 1,173 milhão de cópias e estará em primeiro lugar no próximo ranking semanal.

Imagem: Volume 100 de 'One Piece'.
Divulgação: Shueisha.

A Oricon é uma holding fundada em 1999 (derivada da Original Confidence Inc., de 1967) cujo trabalho é fornecer estatísticas sobre a indústria do entretenimento do Japão (como as indústrias livreira, musical e de jogos).

É a partir da contabilização dessa holding que é realizado, semanalmente, desde 2008, o famoso Ranking Oricon, com uma lista dos volumes mais vendidos entre todos os mangás publicados.

A série já conta com 490 milhões de cópias em circulação mundialmente. No Brasil, o mangá foi publicado primeiramente pela editora Conrad, que dividiu cada volume da obra em dois. Essa edição acabou sendo cancelada no volume 70 (referente ao 35 da edição japonesa). Um tempo depois a Panini passou a publicar o mangá, agora seguindo o padrão original.


Fonte: Oricon


Nota: O JBox faz parte do programa de afiliados da Amazon e da Funimation, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site.


One Piece é uma obra de autoria de Eiichiro Oda. O mangá original começou a ser publicado na revista Shonen Jump em julho de 1997 e tornou-se um fenômeno mundial. Na história, acompanhamos as aventuras do pirata Monkey D. Luffy e de sua tripulação, os Chapéus de Palha, que navegam o mundo à procura do “One Piece”, o tesouro perdido do antigo Rei dos Piratas, Gol D. Roger, enquanto enfrentam diversos piratas e o Governo Mundial.

No Brasil, o mangá foi publicado pela primeira vez no formato “meio-tanko” pela Conrad Editora, que interrompeu a publicação na 70° edição (correspondente à 2ª parte do volume 35 no original japonês). Em 2012, a série foi relançada pela Editora Panini, seguindo o formato original japonês, e conta atualmente com 98 volumes encadernados lançados (no Japão são 100 atualmente).

A versão em animê é produzida pelo estúdio Toei Animation (Dragon Ball Z) e exibida oficialmente via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português, e na Netflix, com opção dublada.

Publicidade
close