Imagem: Luffy metendo soco com mão emborrachada.

One Piece: 1000º episódio ganha imagem promocional

Animação do bando do chapéu de palha deve exibir o milésimo episódio em novembro!

A Toei postou hoje (24), em sua conta americana, uma imagem promocional do milésimo episódio (isso mesmo, episódio #1000) de One Piece. O mangá chegou ao volume 100 há algumas semanas, antecipado com uma enquete global de popularidade.

Imagem: Luffy atacando inimigo em pôster.
Divulgação: Toei.

O animê da série está no ar desde 20 de outubro de 1999, e o episódio mil deve ser exibido no dia 14 de novembro se seguir com exibições em todas as semana (correção: como não houve exibição em uma semana, o episódio ficou para o dia 20 e contará com uma exibição mundial), caso não haja alguma mudança nos planos. A Crunchyroll exibe o animê com legendas em modelo simultâneo e a Netflix possui alguns episódios dublados.

O quadrinho já conta com 490 milhões de cópias em circulação mundialmente. No Brasil, o mangá foi publicado primeiramente pela editora Conrad, que dividiu cada volume da obra em dois. Essa edição acabou sendo cancelada no volume 70 (referente ao 35 da edição japonesa). Um tempo depois a Panini passou a publicar o mangá, agora seguindo o padrão original.

ATUALIZAÇÃO:

Correção do dia de exibição do episódio 1000, no dia 20 de novembro.

Atualizado pela última vez em 16 de novembro de 2021.

Fonte: Toei


Nota: O JBox faz parte do programa de afiliados da Amazon e da Funimation, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site.


One Piece é uma obra de autoria de Eiichiro Oda. O mangá original começou a ser publicado na revista Shonen Jump em julho de 1997 e tornou-se um fenômeno mundial. Na história, acompanhamos as aventuras do pirata Monkey D. Luffy e de sua tripulação, os Chapéus de Palha, que navegam o mundo à procura do “One Piece”, o tesouro perdido do antigo Rei dos Piratas, Gol D. Roger, enquanto enfrentam diversos piratas e o Governo Mundial.

No Brasil, o mangá foi publicado pela primeira vez no formato “meio-tanko” pela Conrad Editora, que interrompeu a publicação na 70° edição (correspondente à 2ª parte do volume 35 no original japonês). Em 2012, a série foi relançada pela Editora Panini, seguindo o formato original japonês, e conta atualmente com 98 volumes encadernados lançados (no Japão são 100 atualmente).

A versão em animê é produzida pelo estúdio Toei Animation (Dragon Ball Z) e exibida oficialmente via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português, e na Netflix, com opção dublada.

Publicidade
close