Imagem: Arcueid Brunestud, protagonista de 'Tsukihime'.

Tsukihime: Remake pode ganhar versão em inglês

Diretor e roteirista expressou desejo de localizar ‘Tsukihime: A Piece of Blue Glass Moon’ em inglês.

Em uma entrevista com a 4Gamer, Kinoko Nasu, diretor do remake e do jogo original, comentou a possibilidade de uma versão Steam de Tsukihime: A Piece of Blue Glass Moon.

Caso o game aparecesse lá, ele gostaria de ter suporte em várias línguas mas é difícil pois não é só traduzir, é preciso adaptar a identidade visual ao texto localizado. Segundo Nasu, eles não teriam recursos o suficiente para isso.

Nasu também demonstrou um grande interesse em pelo menos traduzir o jogo para inglês e mandarim e disse que essa é uma das maiores dificuldades para lançar jogos da Type-Moon internacionalmente.

O jogo saiu no Japão em 26 de agosto, para PlayStation 4 e Nintendo Switch. Além de Nasu, Takashi Takeuchi também está de volta no desenho de personagens. A cantora ReoNa ficou responsável pela música-tema e diversas outras.

A trama traz Shiki Tohno, um rapaz capaz de ver “linhas da morte” após um acidente quase mortal. Essas linhas quebram quando alguém ou algo “morre” (vale inclusive para objetos inanimados). Por causa disso, ele tem frequentes dores de cabeça, até um dia, misteriosamente, receber um óculos que bloqueia a visão dessas linhas.

Após esse problema, ele é expulso da casa da família Tohno. Mas, quando está no Ensino Médio, sua irmã mais nova, Akiha, se torna a chefe da casa e o chama de volta. O rapaz tem alguns problemas se ajustando à antiga rotina da casa. A história segue caminhos distintos conforme as escolhas feitas no jogo.

O game inspirou uma animação em 2003, produzida pelo estúdio J.C Staff, intitulada Shingetsutan Tsukihime ou Tsukihime, Lunar Legend. Essa animação estreou no Brasil em 3 de agosto de 2003 no extinto canal Animax, com dublagem pelo estúdio Álamo.

Ao final de setembro, será lançado também Melty Blood: Type Lumina, game de luta que se passa antes dos eventos desse novo Tsukihime.


Fonte: ANN

Publicidade
close