Imagem: Ryuk, o shinigami, e o protagonista Light.

Death Note: Reimpressão chega em janeiro pela JBC

Mangá volta com novo papel e ao preço de quase 50 reais.

A editora JBC revelou que a reimpressão de Death Note – Black Edition, anunciada em fevereiro, será lançada em janeiro de 2022. Na época, a editora ainda pretendia colocar o mangá nas prateleiras neste ano.

O papel dessa republicação será diferente, ao invés do lux cream, será usado pólen bold 70g, e os volumes chegam ao preço de 49,90 reais.

Imagem: Mangás da edição Black.
Reprodução.

Recentemente, um novo volume de Death Note foi publicado no Japão, mas a editora por enquanto não comentou se há possibilidade de publicá-lo no Brasil.


Fonte: BBM


Death Note

Imagem: Light Yagami/Kira (mangá).

Publicado pela Shonen Jump de 2003 a 2006, Death Note é cria da dupla Tsugumi Ohba (roteiro) e Takeshi Obata (desenho). A história original acompanha o jovem Light Yagami, que após mais um dia entediante se depara com um caderno misterioso, que leva à morte aquele que tiver seu nome anotado. A partir daí, ele procura fazer uma “faxina” eliminando criminosos pelo mundo, enquanto serviços de alta inteligência da polícia começam uma caça para descobri-lo.

Os 12 volumes encadernados foram publicados no Brasil pela JBC, que posteriormente relançou a obra em uma edição especial chamada de “Black Edition”, rendendo 6 edições. Em 2020, houve a publicação digital de um capítulo especial.

Em 2006, ganhou uma versão animada finalizada em 37 episódios. A série foi um sucesso por todo o mundo, gerando um burburinho no Brasil por conta da internet. A fama fez com que ele fosse lançado oficialmente por aqui, com exibição a partir de março de 2009 no extinto canal Animax. Posteriormente, o animê foi reprisado pelo canal PlayTV e está disponível por streaming pela Netflix, Funimation e Crunchyroll e em DVD pela PlayArte.

De 2006 até hoje, ganhou 4 produções para o cinema no Japão, 3 delas distribuídas no Brasil pela Sato Company: Death Note (2006), Death Note II – O Último Nome (2006) e Death Note: Iluminando um Novo Mundo (2016) – todas exibidas também em canais da rede Telecine em 2019. Em 2017, uma adaptação live-action americana foi produzida pela Netflix .

Uma série live-action produzida em 2015 está disponível pela Crunchyroll.

Publicidade
close