Imagem: As Precure até 2018, em pôster do filme de 'Hugtto', incluindo Nagisa e Honoka (de Futari wa Precure).

‘Delicious Party Precure’ é confirmada como a próxima temporada

19ª temporada da franquia ainda não tem data para estrear!

A Toei confirmou ontem (25) Delicious Party Precure como a próxima série da franquia, a substituir Tropical-Rouge! Precure, no ar desde fevereiro, e provavelmente com término marcado em torno de fevereiro de 2022. O registro da marca foi feito no começo de novembro.

Confira o logo:

Imagem: Logo de 'Delicious Party Precure'

O nome indica uma temática festiva, provavelmente relacionada com comidas. Essa será 19ª temporada da franquia Pretty Cure. Ainda não há data de estreia confirmada.

A Crunchyroll exibe o animê atual em simulcast e o JBox traz resenhas periódicas dos episódios. Leia nosso material já publicado: 1, 2-3, 4-5, 6-7, 8-10, 11-13, 14-16, 17-18, 19-21, 22-24, 25-27, 28-30, 31-33, 34-37.

Onde assistir:


Fonte: Natalie


O JBox participa de parceria comercial com o JustWatch, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site. Contudo, o JBox não tem responsabilidade sobre possíveis erros presentes em recursos integrados ao site mas produzidos por terceiros.

Pretty Cure

Precure

Imagem: Banner com as duas protagonistas de 'Futari wa Precure'.

A franquia Precure ou Pretty Cure começa com Futari wa PreCure em 2004, uma série produzida pela Toei Animation, criada por uma equipe criativa da empresa intitulada de Izumi Todo.

O sucesso dos 49 episódios fez com que não só uma sequência fosse produzida, como inaugurou uma das mais bem sucedidas franquias de garotas mágicas, com 15 séries diferentes divididas em 18 temporadas (Futari wa Precure e Yes! PreCure 5 tiveram sequências), vários filmes e produtos.

Já nos anos 2000, tentaram negociar a vinda da 1ª série Pretty Cure com canais de TV brasileiros, porém nenhuma emissora topou a exibição. Anos mais tarde, em 2015, a Saban Brands adquiriu os direitos para uma adaptação de Smile PreCure! (fase de 2012), fazendo uma série de edições, alterando nomes e trilha sonora para transformar o produto em Glitter Force.

Sob alvo de muitas críticas, o animê teve exibição exclusiva pela Netflix e ganhou um item bastante desagradável por aqui: uma dublagem em português feita fora do Brasil, além dos cortes criticados por todos os fãs da série internacionalmente.

Mesmo assim, a parceria com a Saban ainda rendeu a adaptação de mais uma temporada, com Glitter Force: Doki Doki (DokiDoki! PreCure), que até se salvou um pouco por aqui, com uma dublagem feita no Rio de Janeiro. Mas a essa altura a empresa de Haim Saban já não estava mais empenhada na marca, devolvendo-a para a Toei em 2017.

Healin’ Good trouxe a 15ª geração de heroínas. Na história dessa temporada, três garotas recebem os poderes dos chamados “Animais de Cura’ para se tornarem as heroínas Pretty Cure. Sua missão é proteger a vida na Terra em uma batalha contra os Patógenos, que pretendem envenenar o planeta.

Tropical-Rouge, a 16ª geração, traz uma temática tropical, com as Cures Summer, Papaya, Flamingo e Coral. A protagonista, Manatsu Natsuumi, se muda de uma pequena ilha para uma cidade, entrando em uma nova escola do equivalente japonês ao Ensino Fundalmental II.

No dia da mudança, ela encontra uma sereia chamada Laura, buscando pelas lendárias Precure, para salvar sua terra-natal, que foi atacada pela “bruxa da protelação”, uma vilã que rouba a motivação de suas vítimas.

Publicidade
close