Imagem: Edward e Alphonse no jogo.

‘Fullmetal Alchemist Mobile’ será lançado em 2022

Jogo recontará a história original!

Eles prometeram e cumpriram. Num evento online comemorativo, foi anunciado o jogo Fullmetal Alchemist Mobile, com uma promessa de mais informações durante o verão. Agora, um trailer revelou a estreia por volta do 3º trimestre de 2022, durante o nosso inverno, entre junho e setembro.

O game recontará a história original. A produção é da Square Enix, que possui direitos sobre a franquia, publicada em uma revista da empresa. Não há informações sobre localização, mas há textos em inglês no vídeo.

O mangá original de Fullmetal Alchemist está agora com reimpressão no Brasil pela editora JBC, que também trará novels da série. A série de Hiromu Arakawa foi  originalmente publicada entre 2001 e 2010, pela Shonen Gangan, rendendo 27 volumes encadernados.

A autora lançou um novo mangá.

Imagem: Tela de 'Fullmetal Alchemist: Brotherhood' na Funimation.
Clique na imagem para acessar a série. | Reprodução: Funimation.

O JBox participa de parcerias comerciais com a Funimation, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site. Contudo, o JBox não tem responsabilidade sobre possíveis erros presentes em recursos integrados ao site mas produzidos por terceiros.


Fullmetal Alchemist

Hagane no Renkinjutsushi

Imagem: Personagens de 'Fullmetal Alchemist'.

Publicado originalmente entre 2001 e 2010, pela revista japonesa Shonen GanganFullmetal Alchemist (Hagane no Renkinjutsushi) rendeu 27 volumes encadernados. No Brasil, a primeira publicação começou pela Editora JBC em 2007, se encerrando em 2011 com 54 volumes. Uma nova edição foi publicada entre 2016 e 2018, desta vez chamada de Edição Especial, seguindo o número original de volumes.

A obra foi criada pela mangaká Hiromu Arakawa, contando a história dos irmãos Edward e Alphonse Elric, que pagam um terrível preço ao tentar trazer sua mãe de volta à vida com técnicas proibidas de alquimia. Ed perde uma perna, enquanto Al vê seu corpo inteiro desaparecer. Para trazer ao menos a alma de seu irmão de volta, Edward sacrifica um braço e “transmuta” Alphonse dentro de uma antiga armadura. Entre conflitos com os militares e homúnculos sedentos por poder, os dois seguem jornada em busca da pedra filosofal, um mineral lendário que poderia devolver seus corpos ao normal.

Fullmetal Alchemist virou animê em 2003, pelo estúdio Bones. Finalizada em 51 episódios mais um filme, a animação se tornou um grande sucesso no Japão, encabeçando rankings de popularidade. O hit se espalhou pelo mundo e chegou ao Brasil como um dos principais destaques do extinto canal Animax, com dublagem realizada pelo também extinto estúdio da Álamo.

Posteriormente foi exibida na RedeTV!, com censuras. Em 2009, uma nova série intitulada Fullmetal Alchemist: Brotherhood foi ao ar no Japão, finalizada em 64 episódios que são mais “fiéis” ao mangá. O novo animê também passou por aqui, sendo o último trabalho da Álamo com um material japonês antes de fechar as portas.

Uma adaptação em live-action foi lançada em 2017, disponível por aqui via Netfix – que também disponibiliza as duas séries animadas, ambas sem dublagem. Brotherhood também está disponível na Crunchyroll e na Funimation, nesta última com dublagem.