Imagem: Foto de Ken Akamatsu.

Ken Akamatsu, de ‘Love Hina’, pretende entrar para a política

Mangaká pretende se candidatar à Câmara dos Conselheiros pelo LDP no ano que vem.

Ken Akamatsu, criador de séries como Love Hina e Negima!, divulgou em seu Twitter que pretende se candidatar à Câmara dos Conselheiros (Sagiin) na eleição no próximo inverno (verão no Japão), pelo Partido Liberal Democrata (LDP, Jiminto), o atual líder de governo do país.

O parlamento japonês é dividido em duas partes: a Câmara dos Representantes (Shuugin), também chamada de “Câmara Baixa”, e a dos Conselheiros, a “Câmara Alta”, formadas em eleições paralelas. Seriam mais ou menos equivalentes a Câmara dos Deputados e Senado Federal, respectivamente. Este ano, ocorreram eleições para a Câmara dos Representantes, e ano que vem será a vez da Câmara dos Conselheiros.

Akamatsu coloca a liberdade de expressão como sua principal pauta. Ele já tem contato próximo com o LDP, e foi uma das figuras principais na formulação da nova lei de antipirataria, aprovada no ano passado.

O mangaká também é conhecido por suas críticas às “plataformas estrangeiras”, como a Amazon, que por vezes retiram obras dele e de outros autores por infringirem políticas sobre nudez (principalmente com personagens menores de idade), pornografia, entre outros. Akamatsu defende a criação de plataformas nacionais, com auxílio do governo, para respeitar as leis japonesas e as “liberdades de criação”, em suas palavras.

“Parece que já saíram notícias, fui entrevistado no escritório do LDP. Para defender a liberdade de expressão, quero me candidatar à Câmara dos Conselheiros no próximo verão. O processo de seleção ainda está ocorrendo, e teve um anúncio oficial do partido, então gostaria de reforçar minha intenção.

– Ken Akamatsu” (tradução nossa).

A reação do público parece positiva nas respostas à mensagem.

Publicidade
close