Imagem: Terra em imagem promocional de 'Dissidia'.

‘Final Fantasy VI Pixel Remaster’ será lançado em fevereiro

É o último game da série de remasters.

A Square Enix revelou que Final Fantasy VI Pixel Remaster será lançado em fevereiro de 2022, sem data ainda, fechando os remakes anunciados. Deve chegar por 45 reais, como os outros.

O jogo já tem página na Steam, e chegará também para Android e iOS, como os outros. Com isso, também é possível comprar a série toda em um pacote, saindo por R$ 288,60 com um desconto aplicado de 22% durante a pré-venda.

FFVI saiu em 1994 para o Super Nintendo e foi chamado de Final Fantasy III quando lançado pela primeira vez nos EUA (e por aqui). A trama se ambienta em um mundo com tecnologia similar à da 2ª Revolução Industrial (1870-1914), e traz 14 personagens jogáveis.

O jogo tem temas mais maduros em relação aos anteriores, como, por exemplo, uma rebelião/revolução contra uma ditadura militar, uma corrida por armas mágicas, uso de armas químicas em guerra, gravidez na adolescência, entre outros.

Aclamado internacionalmente, o game frequentemente consta entre os melhores de todos os tempos. Ele ficou em 33º lugar em uma lista dos 100 jogos favoritos dos japoneses pela TV Asahi. Em 2003, já tinha vendido mais de 3,4 milhões de cópias (nas versões para SNES e PlayStation).

A personagem inicial é Terra Branford, uma meia-humana e meia-esper, criatura mágica do mundo de Final Fantasy, que passou a maior parte da vida como escrava do Império. Entre os outros personagens estão Locke, Celes, Edgar, Shadow, etc.

A nova versão contará com os gráficos no estilo antigo, mas trazendo melhorias no gameplay, além opções extras como tocador de música e galeria de ilustrações. Novamente, a pré-venda na Steam dá acesso ainda a 3 músicas especiais.

Já foram lançados os pixel remasters de Final Fantasy I, II, III, IV, e V entre julho e novembro deste ano.


Fonte: SE


Final Fantasy

Final Fantasy é uma franquia multimídia e uma das séries de RPG mais populares mundialmente. Publicado e desenvolvida pela então Square (cuja filial americana se chamava SquareSoft), o primeiro título foi lançado em 1987, desenvolvido por Hironobu Sakaguchi logo após a fundação da empresa em 1986 (embora ela existisse, em parte, desde 1983 como divisão da Den-Yu-Sha). Os elogios da crítica e o sucesso comercial do primeiro FF geraram inúmeras sequências e outros produtos, incluindo filmes, séries de animê e mangás.

Como a história de Final Fantasy (1987) não foi criada para ter uma continuação, Final Fantasy II (1988) foi o primeiro jogo sem locais ou personagens de seu antecessor. Isto acabou se repetindo nos títulos posteriores, tornando-se uma característica da franquia.

Cada jogo principal conta com uma história própria, com um novo elenco de personagens e mundos diferentes, embora os jogos compartilhem alguns elementos em comuns, caracterizando a franquia, cujas vendas ao redor do mundo já ultrapassaram 140 milhões de cópias, considerando todos os títulos.

Entre 1987 e fevereiro de 2003, a Square lançou 11 jogos da franquia principal de Final Fantasy e 13 ″spin-offs”, como Mystic Quest (1992) e Chronicles (2001). Em abril de 2003, a empresa se fundiu com a Enix, conhecida por Dragon Quest, dando origem à Square Enix. Atualmente, a “linha principal” conta com 15 títulos. Em março de 2020, uma enquete da NHK ranqueou os jogos favoritos dos japoneses, com Final Fantasy X (2001) ficando na primeira posição.