Imagem: Personagem de MW.

‘MW’, mangá de Osamu Tezuka, é anunciado pela Pipoca e Nanquim

Obra em volume único apresenta relações com clássicos da literatura universal e aborda temas como a homossexualidade.

Em seu já tradicional vídeo de fim de ano, a Pipoca e Nanquim anunciou a chegada de MW, de Osamu Tezuka. Publicada originalmente entre 1976 e 1978. na revista Big Comic, da Shogakukan, a obra rendeu um total de 3 tomos — que serão compilados em volume único no Brasil.

Imagem: Capa americana de MW.
Divulgação: Vertical/EUA.

Segundo a crítica, trata-se do mangá mais sombrio de Tezuka e a história acompanha a vida de um homem aparentemente pacato, funcionário de um banco, mas que se transforma completamente ao anoitecer, quando age como um assassino impiedoso. O fato curioso é que este homem, Michio Yuki, sempre se confessa a um padre, Iwao Garai, que conhece os detalhes mais turbulentos de sua vida e, além de tudo, é seu amante.

Por conta de traços da personagem principal e de várias de suas cenas, o mangá é frequentemente comparado a clássicos da literatura universal, como Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski, e Ilusões Perdidas, de Honoré de Balzac.

Esta será a segunda obra de Osamu Tezuka, uma das figuras mais importantes da história dos mangás, a ser publicada pela Pipoca e Nanquim, que relançou, em 2020, Recado a Adolf, anteriormente publicada pela Conrad. De acordo com Bruno Zago, a editora pretende publicar mais títulos de Tezuka nos próximos anos.

O lançamento é previsto para 2022, ainda sem uma definição mais precisa. Mais informações a respeito da edição serão divulgadas em breve.


Fonte: Pipoca e Nanquim.

Publicidade
close