Imagem: Sailor Moon em 'Crystal'.

Sailor Moon: Netflix adiciona páginas de ‘Crystal’ e filmes clássicos (AT)

Filmes de ‘Sailor Moon R, ‘S’ e ‘SuperS’ também podem chegar ao serviço.

A série Sailor Moon Crystal ganhou uma página na Netflix, sem mais informações. Esse tipo de adição geralmente ocorre quando o streaming está se preparando para lançar uma série – diga-se de passagem, Crystal está no catálogo americano do serviço.

Não se sabe se haverá dublagem, mas o padrão de séries da Toei é chegarem à Netflix dubladas.

Imagem: Tela de 'Sailor Moon Crystal' na Netflix.
Clique na imagem para acessar a série (só conseguimos via mobile, não no desktop). | Reprodução: Netflix.

A novidade faz sentido e já é especulada desde a estreia do filme Sailor Moon Eternal, que dá sequência ao remake. O longa teve dublagem com um “novo” elenco (boa parte do time da BKS foi mantido). Confira nossa crítica aqui.

Crystal é um remake de Sailor Moon, mais fiel à trama do mangá que a animação lançada nos anos 1990. As temporadas foram exibidas entre 2014 e 2017 e estão legendadas na Crunchyroll.

ATUALIZAÇÃO:

Os filmes de Sailor Moon R (1993) e Sailor Moon S (1994) e Sailor Moon SuperS (1995), também parecem se encontrar na base de dados do streaming. A informação de R veio do Portal Netflix BR.

Imagem: Suposta página de 'Sailor Moon R'.
Reprodução. | Via Portal Netflix BR (não-oficial).
Atualizado pela última vez em 03 de janeiro, às 23h16.

Fonte: Letícia Cosmos


Imagem: As Sailor Moon na versão dos anos 1990.

Sailor Moon foi criado como um mangá por Naoko Takeuchi no final de 1991, nas páginas da revista japonesa Nakayoshi, sendo finalizado em 1997 (originalmente com 18 volumes). Em 1992, virou uma série animada pela Toei Animation, encerrada em 1997.

Na história, Serena Tsukino (Usagi Tsukino) é uma estudante de 14 anos, chorona e que não vai muito bem na escola. Um dia ela se encontra com uma gata falante e recebe poderes para se transformar em Sailor Moon, uma heroína que luta pela justiça. Outras Sailors, com poderes inspirados nos planetas do sistema solar, juntam-se com o tempo, formando uma equipe de guerreiras.

A série estreou no Brasil em 1996, pela extinta Rede Manchete. Retornou à TV em 2000, pelo Cartoon Network, a partir da temporada Sailor Moon R. Todas as fases seguintes, nomeadas como SSuper S e Stars, foram exibidas pela emissora paga. Sailor Moon R também teve uma rápida passagem pela TV Record, sendo exibido dentro do infantil Eliana & Alegria. Alguns episódios das fases R e S foram lançados em DVD, enquanto a primeira temporada teve alguns episódios lançados em VHS.

Após mais de 10 anos de negociação, a Editora JBC publicou o mangá original por aqui a partir de 2014. Foi usada como base uma reedição fechada em 12 volumes. A empresa também lançou os 2 volumes de Sailor Moon: Short Stories e de Sailor V, história que deu origem a Sailor Moon.

Em 2014, a Toei Animation produziu Sailor Moon Crystal, um remake animado mais próximo à história do mangá. A série foi exibida por aqui via Crunchyroll, com legendas em português.

Publicidade
close